quinta-feira , 23 novembro 2017
Home / Copa da Liga / BRAVO BRILHA E CLASSIFICA O CITY PARA AS QUARTA DE FINAL DA COPA DA LIGA

BRAVO BRILHA E CLASSIFICA O CITY PARA AS QUARTA DE FINAL DA COPA DA LIGA

Bravíssimo! Bravo vira herói, e classifica o City para as quartas de finais da Copa da Liga.

O Manchester City se desgastou muito para vencer o Wolverhampton e se classificar para as quartas de finais da Carabão Cup. Depois de 120 minutos frenéticos o zero não saiu do placar e a classificação foi definida nas penalidades por 4 a 1.  De Bruyne, Sané, Yaya Touré e Aguero, deram a vitória aos Citizens.

Antes da bola rolar, um esquilo apareceu em campo para dar o ar da graça e animar a arquibancada. O pequeno invasor apareceu primeiro na bandeira do escanteio,enquanto os funcionários do clube tentavam afastá-lo com uma forquilha. O animal fugiu para o meio do campo, quando outro funcionário conseguiu pegá-lo mas teve de soltar após ter sido mordido no dedo. Com a arquibancada já fazendo torcida pro esquilo, um terceiro e corajoso funcionário conseguiu capturar o roedor de vez e retirá-lo do campo.

Depois do show de abertura, começou o espetáculo principal, que apesar de culminar na eliminação dos Wolves, é motivo para se orgulharem e saírem da competição de cabeça erguida. Pois o que se viu nesta terça feira foi uma partida muito equilibrada e com os líderes da Championship dando muito trabalho aos donos da casa, mas esbarraram no goleiro, Bravo. O Manchester City foi a campo com uma equipe mista com Aguero e Gabriel Jesus no comando da equipe.

Escalação do City: Bravo, Danilo, Mangala, Adarabioyo, Zinchenko, Bernardo, Touré, Sterling, Gündoğan , Agüero (C), Gabriel Jesus.

Sérgio Aguero, que buscava se tornar o maior artilheiro do Manchester City foi bastante participativo no jogo, finalizando algumas vezes, tentando de qualquer maneira marcar o gol que o deixaria ainda mais eternizado no coração dos torcedores do clube, mas o argentino não conseguiu.
E assim foi o primeiro tempo, com as duas equipes criando, tentando, se esforçando para tirar o zero do placar, mas as tentativas foram em vão.
No segundo tempo o cenário não foi diferente. As duas equipes com muita intensidade tiveram oportunidades de gol. Sobretudo os Wolves com Enobakhare que saiu duas vezes cara a cara com Bravo, mas o chileno que sempre foi questionado pelos torcedores foi milagroso.
Aos 83′ Guardiola apelou para Kevin De Bruyne. O técnico catalão tirou Gabriel Jesus e colocou o craque belga, buscando melhorar o último passe para tirar sua equipe do zero, mas não deu certo. Na prorrogação, Guardiola colocou Stones no lugar do Adarabioyo, buscando solidez defensiva e neutralizar os perigos dos Wolves. Um pouco mais tarde foi a vez de Sané entrar no lugar do Bernardo Silva e como na Copa da Liga é permitida a quarta alteração quando o jogo vai para prorrogação, Walker entrou no lugar de Danilo para dar mais amplitude ao City,
mas tudo isso não evitou que a partida fosse para os pênaltis. As penalidades foram a coroação para grande atuação de Cláudio Bravo.
O chileno pegou as cobranças de Conor Coady e Alfred N’Diaye e se tornou o grande herói. Pelo City, De Bruyne, Yaya, Sané e Aguero, com muita classe e estilo, marcaram suas penalidades e classificaram o City.

 

Agora, as duas equipes voltarão a campo para suas respectivas divisões do Campeonato Inglês.
No sábado às 12:00 (Horário de Brasília), o Manchester City visitará o West Bromwich no The Hawthorns, no mesmo dia e horário, o Wolverhampton irá ao Loftus Road encarar o Queens Park Rangers.

Sobre Cauã Terroso

Veja mais

PRÉ-JOGO LEICESTER x MANCHESTER CITY – 18/11 – PL

Premier League (12ª Rodada) Leicester City x Manchester City PRÉ-JOGO Após o período da Data …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *