sábado , 22 julho 2017
Home / Premier League / City confirma boa fase, derrota Southampton, e assume 2º lugar

City confirma boa fase, derrota Southampton, e assume 2º lugar

JS51960393

O Manchester City conseguiu superar o confronto direto contra  o Southampton e avançou para a segunda colocação na tabela da Premier League. Os Citizens agora têm 27 pontos, dois a mais que os Saints, e diminuiram a desvantagem para o Chelsea, que só empatou ontem contra o Sunderland, para seis.

A partida no St. Mary’s prometia ser dificílima, os Saints fazem uma campanha muito acima das expectativas, apesar de terem perdido suas principais estrelas e treinador após há já boa campanha em 2013/14, a equipe parece ter melhorado mais ainda, e certamente é a maior surpresa do campeonato até agora. O City procurou não se submeter às dificuldades da partida e tentou tomar o controle desde o começo, logo aos nove minutos um lance polêmico, Aguero chegou pela direita e cortou para o meio, dentro da área, sendo derrubado por Davis. Além de não assinalar o pênalti, o árbitro Mike Jones ainda deu cartão amarelo para o argentino por simulação.

Aos 16 minutos a equipe azul consegue sua primeira finalização, sem condições de penetrar na defesa dos Saints, a melhor da competição, Touré arriscou de fora da área aos 16 minutos, mas Forster defendeu sem maiores dificuldades. Aos 21, o Southampton tem grande oportunidade, Pellè recebeu levantamento livre na área, mas pareceu não acreditar no lance e finalizou de mau jeito, Hart defendeu assustado, com a bola sobrando para Davis, que fuzilou, e o goleiro citizen fez grande defesa, Tadic ainda tentou marcar na sobra, mas Hart mandou com o pé para escanteio.

A partir disso o time da casa se animou e melhorou no jogo, mas as chances continuaram escassas. Aos 30, o City tem sua primeira grande chance, Nasri fez grande jogada e avançou para a área, abrindo para Jovetic ficar cara a cara com Forster, a bola passa entre as pernas do goleiro, tocando-as o suficiente para amortecer e dar a chance de Alderweireld impedir o gol. Aos 33, Pellè subiu mais que todo mundo em escanteio, mas mandou para fora. O primeiro tempo acabou equilibrado, e mostrando igualdade sem gols.

JS51961275

A segunda etapa começou com o Southampton partindo para cima, aos 47minutos, Tadic tentou finalizar de fora da área, mas a bola vai para fora, passando perto do gol. Aos 49, Aguero passa pela marcação e toca para Navas, o espanhol tenta cruzar, mas a bola vai pela linha de fundo. No minuto seguinte o City consegue abrir o placar, Fernandinho começa a jogada e abre para Aguero na direita, o argentino leva a marcação e faz o papel de garçom, ajeitando na boa para Touré chegar batendo, ele manda rasteiro no contra-pé de Forster, fazendo 1 a 0.

Aos 56 minutos, Mané tenta responder de fora da área, mas chuta alto demais, sem perigo. Aos 68, Milner cobra escanteio, Kompany raspa de cabeça e a bola vem direto para Aguero, na cara do gol, mas Kun isola, era a primeira chance perdida daquelas que ele não costuma desperdiçar. Aos 71, Navas aproveita passe errado da defesa, avança e chuta cruzado, com a bola passando a centímetros da trave, dois minutos depois o City sofre uma baixa que poderia ter comprometido a vitória, quando Yaya perde a bola na intermediária para Shane Long, Mangala, que fazia uma partida segura, é obrigado a parar a jogada, impedindo que o adversário saia de frente para Hart, toma o segundo amarelo e é expulso.

O City, então, passa a jogar no contra ataque, na primeira chance, aos 77, Aguero rola para Fernandinho, que chuta forte nas redes, mas pelo lado de fora. Apesar de mudar o modus operandi, a equipe azul continuou fazendo uma grande partida, e aos 79, Milner abriu em velocidade para Lampard chegar batendo, o inglês fez o que ele sabe melhor, mandando rasteiro no canto direito, com Forster ficando parado sem ter o que fazer no meio das traves, lance de certa aparência com o primeiro gol.

Aos 84, Aguero perde a chance mais incrível do dia após os Saints partirem desesperados para o ataque, saindo livre após lançamento de Clichy, ele tenta driblar Forster, mas finaliza antes de passar totalmente pelo goleiro, que consegue impedir o terceiro gol. Aos 87, Milner puxou novo contra ataque, passando para Kun, o artilheiro da Premier mostrou que hoje era seu dia de servir e não fazer, ele cruzou rasteiro diante da defesa despreparada e Clichy, em papéis invertidos, só teve o trabalho de mandar para as redes e fechar o placar.

JS51961572

Grande vitória que parece demonstrar uma equipe se acertando e de espíritorenovado após o triunfo épico diante do Bayern no meio de semana. Sem dúvidas a atuação mais convincente fora de casa na Premier até agora, e ainda temos as voltas iminentes de Silva e Dzeko para dar um reforço considerável a equipe. Próxima quarta temos outro desafio duríssimo, o Sunderland, que tirou pontos do Chelsea esta rodada e sempre complica nossa vida no Stadium of Light. Teremos que quebrar uma escrita de derrotas para continuar com a boa fase.

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

City fica duas vezes à frente do placar, mas deixa vitória escapar mais uma vez

  Com uma escalação incomum, City foi para o Emirates Stadium com a missão de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *