terça-feira , 28 março 2017
Home / Opinião / City continua aprendendo como ser um campeão!!!

City continua aprendendo como ser um campeão!!!

Nesses últimos dias vi muitas teorias, rumores de conspirações, imprensa dizendo que estamos em crise, muitas críticas em cima do Manchester City, dos jogadores e principalmente ao Roberto Mancini.

Vivo o clube 24 horas por dia então sempre estou lendo coisas interessantes na internet.
Então encontrei uma coluna do Alan Shearer que foi campeão da Premier com o Blackburn  Rovers é o maior artilheiro da história da competição e hoje é comentarista de futebol.

Praticamente o que Shearer diz é que sempre penso e digo no Twitter, então resolvi transcrever para o blog.

Eu perdi alguma coisa nos últimos dois meses.
O Manchester City entrou em uma batalha contra o rebaixamento e o Roberto Mancini esqueceu como comandar uma equipe?

Há muitas coisas nesse jogo que me faz balançar a cabeça. Mas a crítica e questionamento sobre Mancini e seus métodos de trabalho durante essa semana quase me fez puxar um músculo do meu pescoço.

Então eu resolvi dar uma verificada e, sim, ele ganhou o primeiro título da equipe em 35 anos com o título da FA Cup.

Sim, ele também ganhou a Premier, a primeira vez do City em 44 anos. Há também uma Community Shield ganhando em cima do Chelsea-jogando com 3 zagueiros a propósito.

City continua invicto na Premier League desde a temporada passada, são 16 jogos sem perder, e não perdem no Etihad Stadium desde dezembro de 2010.

Mas os resultados na Champions League não tem sido o que as pessoas desejavam. Agora pelas experiências que tive com o Blackburn eu sei o tanto que é difícil essa competição.

Temporada passada o City esteve em um grupo difícil e infelizmente não se classificou com 10 pontos, onde eles conseguiriam a classificação em qualquer outro grupo.

Esta temporada o grupo é ainda mais difícil com os campeões da Espanha, Alemanha e Holanda, e os campeões da Inglaterra com apenas um ano de experiência na competição.

Quando o Blackburn entrou na competição depois de ganhar o título em 1995, estávamos num grupo sem glamour com o Spartak Moscou, Légia Varsóvia e Rosenborg. 

Nós sentimos muitas dificuldades, fomos mal e acabamos eliminados.

É um jogo totalmente diferente. O que mais me impressionou foi a retenção de bola das equipes adversárias.

Você tem que aprender e adaptar seu jogo. Basta olhar o tempo que levou para o Manchester United se sair bem sucedido na competição.

O City vai aprender.

As pessoas tem usado todo o dinheiro gasto na equipe para criticar os jogadores e o treinador. Não há nenhum fã de futebol lá fora que não desejaria estar na mesma posição.

Mas grandes gastos trazem muita pressão também a expectativa de ter um plantel grande e com nomes, e manter jogadores que ganham altos salários felizes. 

Na temporada passada vimos o problema com o Carlos Tevez.

Você acha que o City foi a primeira equipe a gastar milhões? Nós fizemos o mesmo no Blackburn, relativamente falando, e basta olhar a quantidade que United, Chelsea e Liverpool desembolsaram para atingir o sucesso nos últimos anos.

É verdade que o City não teve um começo explosivo na Premier nessa temporada como teve na passada. Mas novamente ser os atuais campeões pode não ser fácil as vezes. Todas as equipes elevam o seu jogo para tentar bater a equipe.

No Blackburn nós tivemos dificuldade depois do nosso título.

Conseguimos apenas 4 pontos nos primeiros 6 jogos e terminamos a Premier em sétimo lugar. Ray Halford tinha assumido a equipe no lugar do Kenny Dalglish e ele queria dar todos os jogadores que haviam conquistado o título uma chance. Olhando para trás, percebemos que foi um erro, Ray assumiu isso, porque quando você está mais forte e nesse momento é que precisa se fortalecer.

Mancini percebeu isso, e ficou muito frustrado por não ter recebido os jogadores que desejava. Mas dizendo isso olhe onde eles estão na tabela.

City está no topo junto com United e Chelsea na briga, e o mais interessante sem jogar o melhor do seu futebol.

Mancini tem feito um grande trabalho no Manchester City desde que assumiu a equipe e ele ainda continua a fazer.

Essas foram as palavras de Shearer onde mostra que não estamos mal da forma que nós e a imprensa tenta nos colocar.

Mas ouvi mais teorias essa semana, pessoas dizendo que o Roberto Mancini não tem um histórico bom na Champions League, ai encontro outro texto de autoria do Gabriele Marcotti, jornalista italiano que mora em Londres há muitos anos, e ele nos deu alguns dados interessantes, olha o que ele diz:

Em primeiro lugar, o desempenho do passado não é garantia de resultados futuros. Pep Guardiola nunca tinha avançado além das quartas-de-finais nas Champions antes de ser campeão, nem Di Matteo tinha experiência ou Rafa Benitez.

Mas o mais importante, Mancini nunca conseguiu passar das quartas, foram seis tentativas- quatro com a Inter, uma com a Lazio e uma com o City, passando quatro vezes da fase de grupos.

Na Inter numa temporada ele enfrentou o Milan nas quartas, um derby, a equipe acabou perdendo o jogo por causa dos fãs que lançaram dezenas de foguetes no gramado. Por duas vezes o ele foi eliminado pelos gols fora de casa (uma contra o Valência, depois do apito final houve uma briga generalizada).

Contra o Liverpool em 2007-08 teve jogadores expulsos nas duas partidas com 60 minutos de partida.

Mancini tem culpa? Talvez. Mas ele mostra uma capacidade inerente de ter sucesso na Europa? Não necessariamente.

Além disso, em competições de mata-mata, as coisas mudam rapidamente. Os tolos se tornam reis e vice-versa. O que você diria sobre um manager que venceu apenas dois dos seus primeiros onze jogos na Champions League? Que ele nunca conseguiria ganhar a competição? Esse era o recorde do Mourinho na Inter, antes dele conseguir mudar as coisas e ganhar a competição.

Não há nenhuma razão para complicar as coisas com teorias extravagantes, que os jogadores não gostam do treinador e estão fazendo isso de propósito. Será que eles iam tomar dois gols de propósito e depois se entregarem em campo para buscar a vitória como fizeram?

A verdade é que não estamos atuando bem na competição, culpa de todos. Estou feliz? Não. Mas ainda acredito que estamos no caminho certo, o clube está fazendo a sua parte, buscando estabilidade, e a vida não se resume apenas na Champions League, ainda vamos ser campeões, nem que isso demore um pouco.

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Denayer, Iheanacho, Lopes e Roberts agora do são do elenco principal, mas isso não quer dizer muita coisa – ainda  

Ontem ocorreu o City Live, evento que simboliza o início da temporada para o clube. …

Sem comentários

  1. Essa temporada ta uma vergonha, a defesa não consegue se impor, o meio-campo não cria nada e o ataque acaba salvando a equipe graças a qualidade dos jogadores. Não vejo vibração nenhuma dos jogadores, o elenco foi entupido de jogadores medianos (Rodwell, Garcia, Sinclair) que nada vão acrescentar na equipe e para piorar a situação o nosso treinador tem inventado um esquema com 3 zag que nem Guardiola conseguiu implantar no barça. Mancini nos tirou da fila, obrigado, mas qualquer treinador razoavelmente bom teria feito isso, City precisar fazer como a Inter e dar o salto de qualidade, sacar Mancini e assinar com Guardiola, espero que seja esse o intuito do Sheik com a nomeaçao dos novos diretores blaugranas. Só sei que essa sason ta feia, pela primeira vez em seila, uns 6 anos eu deixei de ver um jogo do City no intervalo (vs hammers), simplesmente não aguentava mais, o desinteresse e as invenções acabam tirando o interesse.

  2. E quem acha que é normal ser eliminado duas vezes na fase de grupos da ucl com o elenco mais caro do mundo merece ser internado.

  3. Muito bem colocado! Não tiro nem acrescento nada!

  4. MCFC, Qual foi o treinador que aceitou trabalhar no Manchester City que era um time desconhecido no mundo e fazer o projeto do Sheikh vingar?

    Tinhamos o Mark Hughes era um treinador mediano e fez alguma coisa?

    Não acho normal se eliminado da Champions duas vezes, mas eu acho interessante ela ter um peso para avaliar uma campanha.

    Voçê não ve os jogadores brigando em campo, então o que foi aquelas vitórias contra Fulham, Southampton, WBA(com 1 a menos o jogo inteiro, QPR, empates contra Dortmund e Ajax.

    Nós jogamos apenas uma partida no 3-5-2 que foi contra o Liverpool, e jogamos a pré-temporada toda e bem, ganhamos do Chelsea nesse esquema.

    Alguem acha que o Sheikh acha que o espera o City jogar bem ou ganhar tudo em todas as temporadas?

    Wenger e Ferguson demoram também para classificar a equipe para a próxima fase da UCL e foram mandados embora?

    A equipe contratou jogadores medianos, então tem que cobrar do Marwood, porque o Mancini queria o Thiago Silva e Hazard.

    City não renovou o contrato do Mancini por 5 anos para mandar ele embora, e depois contratar o Guardiola e ficar pagando salário para 2 treinadores com o FFP batendo na porta.

    Estou muito satisfeito com a equipe, porque quem leu o texto entende que mesmo não jogando bem nós estamos brigando pelo título, isso mostra a superioridade da nossa equipe.

  5. OPA, acabamos de ganhar do Spurs, jogamos bem, eles ficaram o tempo todo atrás, o Mancini ganhou a partida depois que mudou a equipe para p 3-5-2, again, 3-5-2, pois o Maicon subia perigosamente ao ataque…

    SOMOS UM CLUBE EM CRISE, MCFC

  6. Evans, não adianta discutir com o jeito brasileiro de ser, esse imediatismo que permeia a maioria do povo, é cultural…

    São os mesmos que acham que Dzeko não presta, mesmo ele nos salvando todo jogo e fazendo dez mil vezes mais que o queridinho Balotelli…

    O que nos resta é continuar pensando além do hoje, e de vez enquanto apresentar isso no blog, poucos nos entenderão, mas fazer o que né…

  7. Voçê está correto Junior, eu não vou mudar o jeito brasileiro de ser.

    Mas as vezes vou colocar isso no blog para mostrar o jeito do torcedor do City torcer.

    Pois a equipe é inglesa então temos que respeitar o jeito deles conduzirem o clube.

    Não concordo, mas por esse tipo de atitutes é que muitas vezes os ingleses não gostam de torcedores estrangeiros, pois não respeitam o clube.

    A entrevista da Natalie Pike diz muito isso, onde o clube é uma família.

    Mas no final somos todos Citizens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *