quinta-feira , 20 julho 2017
Home / Uncategorized / City e Chelsea: completamente diferentes…

City e Chelsea: completamente diferentes…

Montagem: thisislondon.co.uk

Semana passada aconteceu algo que virou rotina no Chelsea FC, após a administração de Roman Abramovich: mais um técnico caiu. André Villas-Boas foi a bola da vez, derrubado por desafiar os egos de Stamford Bridge. Antes já tinham ido Avram Grant, Scolari, Ancelotti…
Imagino que as atitudes, que estão claras que atingem o problema errado, não pegam nada bem por lá, afinal, contrariam toda a cultura inglesa de paciência, dar tempo ao tempo, planejamento e etc.
Evidentemente o que acontece, ou deixa de acontecer, no Chelsea não nos interessa, mas é bom abordar isto por muitos, inclusive entendidos jornalistas, colocarem o clube londrino e o City no mesmo lugar: milionárias equipes em que os donos rasgam o dinheiro, mandando e desmandando despoticamente.
Um pouco de acompanhamento do futebol inglês muda tudo: blues e citizens têm modelos de se administrar bem distintos, e o codinome de “brinquedinho de dono”, aos qual já fomos chamados, se encaixa muito mais nos primeiros.
Nem preciso falar novamente da estrutura que o Sheikh está investindo, dos profissionais qualificados que ele colocou como executivos, que já foi tratado. Ainda mais diferenças entre o árabe e o russo aparecem quando se fala do perfil pessoal: o Sheikh mal aparece nos jogos, me lembro de apenas uma vez, temporada passada, aparentemente não existe pressão ou interferência do dono perante o futebol, se trabalha em paz. Já do outro lado…
O mesmo se tem quanto ao respeito ao treinador, e seu trabalho. Depois que a ADUG assumiu, apenas dois tiveram no comando, Hughes, que mostrou incompetência para o tamanho do projeto, e mesmo após uma temporada aquém, ganhou a chance de contratar quem quisesse e ir para mais uma, quando finalmente se viu que não tinha jeito.
Mancini já está a mais de dois anos e segue firme e forte, apoiado incondicionalmente pela diretoria, independente do que conquistar. E ele não começou tão bem, teve percalços, talvez tivesse caído caso fosse o outro clube, mas não, esperaram-se os avanços, que evidentemente aconteceram. O discurso do projeto em longo prazo aqui não é brincadeira.
O caso Tevez também evidencia que o treinador é preferencialmente apoiado, em caso de conflitos com jogadores, e não estamos falando de qualquer um, poderia muito bem ter dado razão a um atleta que muitas vezes decidiu por nós, mas não, optou-se pelo lado certo da questão.
Não sou expert no ambiente do Chelsea, mas o que dizem é que lá se convive e sofre com a sombra Mourinho, com as ambições desmedidas e desenfreadas do russo, como na questão da Champions League, que deseja conquistar de qualquer forma, enfim… Só espero que pensem duas vezes ou mais antes de juntar nós e eles na mesma panela. Panela, aliás, combina muito mais com eles…
Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Chelsea x Manchester City-Preview

Barclays Premier League-13 Rodada Data: Domingo-25/11/2012 Local: Stamford Brigde-Londres Horário:14:00h (Brasília) Árbitro:Chris Foy Transmissão: Fox …

Sem comentários

  1. Anceloti e o tecnico israelense so cairam por causa da champions. c/ o timio que o chelsea tem ta na posição que merece estar. mais e claro que vilas boas podia ter feito um trabalho melhor, principalmente na defesa

  2. Só porque estão por cima agora acham que podem julgar o Chelsea, para com isso, o city é uma piada, vamos voltar a brigar em cima, aí veremos quem manda na premier league!!!

  3. belo texto manoel, muito bom mesmo!!

    Eu sou um crítico assumido do Mancini, acho que ele deveria ter caído na temporada passada, mesmo com o título da FA, pq temp passada ele não foi bem. Mas mesmo sendo crítico dele assumo q nessa temporada ele mudou completamente, acertou na formação e fez o time jogar. tinha medo se ele iria conseguir manter até o fim, ainda tenho uma certa desconfiança, mas realmente acredito q ele será um dos responsáveis pelo título.

    Não acho ele o técnico ideal pro time vencer a UCL, mas hj em dia se ele cair é só pra vir o Mourinho, pelo menos pra mim. Mas Mancini está muito bem essa temporada e o sheikh acertou em cheio em mantê-lo e em dar toda essa moral pra ele. E como vc disse, o grande diferencial do City é q ngm trabalha sob pressão.

  4. Hahaha Maneco vc roubou minha idéia sobre esse post… Tinha até comentado isso no twitter ontem.

    Alessandro, tenho simpatia pelo Chelsea mas as duas administrações são completamente diferentes.

    Todo mundo que chega no Chelsea tem a pressão do Mourinho e UCL

    City tem um projeto para o clube se tornar alto sustentavel daqui uns anos, o que não acontece com o Chelsea, se o Roman sair será um DEUS nos acuda

  5. Valeu Fernando!

    Evans, foi justamente depois de ver seus comentários que tive aquela lampadazinha para fazer esse post, me recordei de algumas bobagens que são ditas por aqui…

    Alessandro, sem clubismo meu caro, é olhar a realidade, ou você vai me dizer que algum projeto tem continuidade lá?

  6. “City tem um projeto para o clube se tornar auto-sustentavel daqui uns anos”

    Tomara que você esteja certo, mas acho uma coisa muito difícil de acreditar… Durante todos esses anos, só foi dinheiro ladeira abaixo… Aho equivocada sobretudo a política de contratações do City (muito dinheiro vai com compra e pouco dinheiro vem com venda etc).

  7. Perfeito o post, parabéns. Me recordo de ter lido no facebook um comentário de um amigo dizendo isso, de time com dinheiro de milionário, etc.

    Você disse o que eu gostaria de dizer.

    O problema do Chelsea é ainda mais grave, lembram do Felipão? Pois bem, ele foi claro em dizer das panelas no Chelsea, do Drogba desagregador, etc.

    Um péssimo ambiente onde o treinador fica a mercê de um bando, porque o russo deixa eles dominarem.

    Também tinha minhas reservas com o Mancini no City, cheguei a sonhar com o Mourinho.

    Mas ele o treinador italiano se acertou, conseguiu fazer esse elenco de estrelas renderem.

    Se o time mantiver a pegada, o Balotelli manter a cabeça e o Tevez voltar com vontade de jogar bola acho que a Premier League é nossa…

    Espero festejar no Etihad Stadium, onde estarei no dia 30 de abril, vendo o derby contra o United…

    GO CITIZENS…

  8. Henrique Braga

    Primeiro, o City precisava gastar, contratar jogadores pq tinha um time com jogadores B, e para se competir em Top Level precisa de jogadores classe A.

    Segundo, time grande não vive de venda de jogadores e sim marketing. Você tem uma equipe com estrelas que ganha títulos e sempre está na midia e vai aumentando seu nome no mercado.

    Real Madrid, United, Barcelona não vende seus jogadores… Ai vc pode me dizer que o United vendeu o CR7, mas ai digo que foi outra historia, o Real ofereceu um valor inflacionado, e com o portugues querendo sair não tinha como o Fergie recusar.

    Terceiro, apartir de agora o City não vai fazer muitas contratações, na janela de inverno veio só o Pizarro por emprestimo. Na janela de verão deve vir 1 ou 2 jogadores nas posições que a equipe precisar reforçar.

    A construção do CT e academia do City é justamente para promover jogadores para a equipe principal sem que precisamos gastar fortunas.

    O Sheikh Mansour é um investidor, ele não vai querer gastar dinheiro com o City para sempre, um dia ele vai querer lucro, por isso ele está tentando o clube se tornar auto-sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *