sexta-feira , 18 agosto 2017
Home / Uncategorized / City espera o “SIM” de Kaká pra anunciar sua contratação

City espera o “SIM” de Kaká pra anunciar sua contratação

Manchester City oferece fortuna por Kaká e Milan aceita

O clube inglês mandou uma tropa de choque para fechar o negócio em Milão: o vice-presidente Gary Cook, o diretor de operações Paul Aldridge e o iraniano Kia Joorabchian, ex-homem forte da parceria MSI/Corinthians (foi ele quem costurou a ida de Robinho para o clube inglês). Kia e o agente Fifa Giuliano Bertolucci intermediaram a negociação.

Os enviados do City foram para a sede do Milan no começo da tarde e se reuniram com o vice-presidente Adriano Galliani, o diretor-geral Ariedo Braida e o empresário Ernesto Bronzetti, uma espécie de “consultor de mercado” do clube italiano. Sem rodeios, ofereceram 100 milhões de euros (R$ 307,6 milhões) pelo craque. Os dirigentes italianos ficaram impressionados, mas não bateram imediatamente o martelo e pediram algumas horas para pensar. Mas, desde aquele momento, já estavam muito tentados a fechar o negócio.

À noite, em novo encontro, a proposta subiu para 105 milhões de euros. E aí o Milan aceitou. Galliani assinou um documento concordando com a venda e autorizou o clube inglês a conversar com Kaká para acertar o contrato do craque. Isso deve acontecer na próxima segunda, numa reunião com Bosco Leite (pai e procurador de Kaká), que está no Brasil.

Despedida?

O City está disposto a pagar 15 milhões de euros (R$ 46,1 milhões) livres por ano para Kaká, mas pode até subir esse valor – como fez na negociação com o clube italiano. Tudo indica que o jogo de sábado contra a Fiorentina, em Milão, marcará a despedida de Kaká, porque o clube inglês tem certeza que o jogador não recusará a oferta.

Em meio à crise financeira mundial que faz até o Chelsea, do bilionário russo Roman Abramovich, apertar o cinto, o Manchester City nada em dinheiro desde que foi comprado no final de agosto por um grupo de investidores dos Emirados Árabes. O grupo assumiu o controle do clube apenas um dia antes do encerramento da janela de transferências, mas mesmo assim deu um chapéu no Chelsea e tirou Robinho do Real Madrid por 40 milhões de euros (R$ 123 milhões).
Para tirar Kaká do Milan, além de jogar uma fortuna em cima da mesa, o City fez o que Real Madrid e Chelsea não fizeram quando tentaram contratá-lo: conversaram primeiro com os dirigentes italianos, para só depois procurar o craque. Real e Chelsea irritaram o Milan por terem assediado antes o jogador.

Kaká chegou ao Milan em 2003 por US$ 8,2 milhões (R$ 19 milhões). Ganhou seis títulos (um Italiano, uma Liga dos Campeões da Europa, um Mundial de Clubes da Fifa, duas Supercopas Europeias e uma Supercopa Italiana), foi eleito o melhor do mundo em 2007 e tornou-se um símbolo do clube. Agora, os milhões dos árabes colocaram ponto final nesta história.

De acordo com o assessor do meio-campista Kaká, Diogo Kotscho, o brasileiro aguarda um aval do Milan para começar a conversar com o Manchester City. O clube inglês está disposto a pagar 100 milhões de libras (cerca de R$ 337 milhões) para tirar o atleta do futebol italiano. 

“O Kaká só negocia se o Milan chegar a um acordo com o Manchester City. Pelo o que eu converso com ele, não é somente o dinheiro que irá seduzí-lo. A partir do momento que o Milan chegar a um acordo, o City precisa de um planejamento sedutor a curto prazo para o Kaká começar a negociar”, comentou Kotscho, em entrevista ao SporTV. 

“A negociação com o Kaká não começou. Ele vai exigir um time vencedor para disputar e vencer a Copa dos Campeões. O Kaká tem planos ambiciosos, quer voltar a ser o melhor do mundo, quer disputar uma Copa do Mundo em alto nível. Se o City conseguir provar que dará tudo isso a ele, aí passa a ter a negociação financeira, afinal, ele é um profissional”, emendou. 

Ainda de acordo com Kotscho, uma comitiva do Manchester City esteve em Milão na última terça-feira e colocou na mesa do dono do Milan, Silvio Berlusconi, uma proposta oficial para contar com kaká.

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Chelsea x Manchester City-Preview

Barclays Premier League-13 Rodada Data: Domingo-25/11/2012 Local: Stamford Brigde-Londres Horário:14:00h (Brasília) Árbitro:Chris Foy Transmissão: Fox …

Sem comentários

  1. Bart

    Hi a City fan from england here i wondered what you make of the move for Kaka in Brasil, do you think it will happen, we are all absolutely desparate for him to come to City. Does anyone have any inside knowledge?
    Its great to have City supporters in Brasil!

    Bart

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *