quinta-feira , 27 julho 2017
Home / Premier League / City quebra escrita e goleia Sunderland no Stadium of Light

City quebra escrita e goleia Sunderland no Stadium of Light

JS52193729

O City conseguiu quebrar hoje uma escrita recente que o atormentava enormemente, depois de cinco partidas e quatro derrotas por 1 a 0 no Stadium of Light, goleamos o Sunderland por 4 a 1, uma vitória que não acontecia desde 2009, e seguimos firme em perseguição ao Chelsea, na segunda colocação da Premier League. C  ertamente muitos torcedores, pessimistas como são, já consideravam os três pontos de hoje perdidos, mesmo sabendo da distância enorme de qualidade entre os dois times, mas que parecia irrelevante toda vez que os Citizens viajavam para o nordeste para enfrentar os Black Cats, geralmente em dezembro, confronto que sempre nos complicava. Para piorar, o City teve que atuar sem Kompany, machucado, e Mangala, suspenso, tendo Boyata e Demichelis na zaga. Enquanto os donos da casa apostavam em um time com os ex-citizens Pantilimon e Rodwell, ambos transferidos nesta última janela.

Os visitantes procuraram o ataque desde os primeiros minutos, explorando a rapidez de Navas pela direita. Aos 4 minutos, o espanhol mandou seus conhecidos cruzamentos rasteiros para área, mas a bola passou por todos até a linha de fundo. O Sunderland não se intimidou, e no minuto seguinte tentou finalizar com Rodwell, mas a bola foi bloqueada. Aos 17 minutos, nova tentativa azul de abrir o placar com Navas, mas outra vez faltou quem finalizasse a chance criada pelo jogador.

Aos 18 minutos, o pesadelo de sempre pareceu tomar forma, Wicham invadiu a área, Zabaleta conseguiu cortar de carrinho, mas a bola acabou batendo no autor da jogada, sem querer, e morrendo no fundo do gol, parecia um lance do destino nos lembrando que nada daria certo ali, como sempre. Por sorte esta sensação não durou mais que dois minutos, aos 20, Aguero, o melhor jogador em atividade na Inglaterra, quiçá do mundo, deixou Coates a ver navios com um drible sensacional e soltou a bomba no canto para empatar o jogo.

A partir daí o embate morno de até então acabou, o City decidiu mostrar que a história escrita ali seria diferente. Aos 23, nova investida com Navas, em chute cruzado que causou perigo. Aos 27, Nasri tenta chutar de longe, mas a bola acaba indo para fora. Aos 32, Aguero tenta finalização, mas pega mal e não acerta o gol. Aos 38 minutos, a virada, Aguero recebe de Touré dentro da área e rola para Jovetic finalizar, 2 a 1. O argentino continuou o lado garçom iniciado no último jogo, e foi mais uma vez decisivo.

JS52197666

Os Citizens continuaram incisivos, aos 40, Clichy cabeceou perigosamente para fora. Aos 42, Aguero tenta grande jogada, passa por dois e chuta cruzado, só que mais uma vez não acerta o alvo. Os acréscimos do primeiro tempo foram marcados por uma pequena pressão do Sunderland em busca do empate, em escanteio afastado pela zaga, e depois com Wicham em cruzamento defendido por Hart.

A segunda etapa também começou com tentativa dos Black Cats, logo no primeiro minuto Larsson tentou uma finalização de fora, mas Hart pegou fácil, o que eles não contavam é com a efetividade que os azuis tem tido no ataque nos últimos jogos, e aos nove minutos, Zabaleta consegue se redimir da falha no gol adversário, depois de grande enfiada de Nasri, o argentino deu um lindo e sutil toque por cobertura no gigante Pantilimon, numa classe espetacular, fazendo 3 a 1 e dando maior tranqüilidade ao City.

O jogo seguiu morno, até que aos 24 minutos o improvável aconteceu: virou show, goleada! E com gol do cara, o artilheiro, o matador Sérgio Aguero! Milner fez um cruzamento rasteiro e preciso, e Kun apareceu para concluir sem perdão, 14º gol em 14 partidas nesta temporada, o quarto dos visitantes.

A partida se encaminhou até o final sem grandes emoções, os donos da casa não mostraram poder de reação diante do resultado adverso, enquanto o City tratou de administrar a vitória, nos acréscimos ainda buscou fazer mais um, em chute de Lampard que passou longe aos 46, e também finalização para fora de Milner no minuto seguinte. A parte bizarra se deu pela invasão no segundo tempo de um engraçadinho vestido de homem aranha (foto abaixo).

JS52200101

Foi a terceira vitória seguida do City na Premier, segunda goleada fora de casa em dois jogos considerados duríssimos, e agora está isolado na segunda colocação com 30 pontos, quatro de vantagem sobre o Southampton. A próxima partida também não promete vida fácil, enfrentaremos o Everton em casa no sábado as 15:30, horário de Brasília. Assim como hoje, uma partida em que o histórico mostra um adversário complicado, independente de qualidade ou situação na tabela. Que continuemos nossa escalada!

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

City vence e até convence, mas segue coadjuvante na temporada

City venceu o Hull por 3 a 1 e segue cumprindo tabela no campeonato inglês. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *