sábado , 24 Fevereiro 2018
Home / Campeonatos / Premier League / City vence e até convence, mas segue coadjuvante na temporada

City vence e até convence, mas segue coadjuvante na temporada

City venceu o Hull por 3 a 1 e segue cumprindo tabela no campeonato inglês. O que nos resta da temporada é mesmo a Fa Cup, já que na Premier League é só jogar pro gasto, como tem feito há tempos. Pois nem ouso em pensar que teremos que brigar até a última rodada por uma vaga na Liga dos Campeões, seria o cúmulo da vergonha para esse inflacionado elenco.

A obrigação era vencer, o adversário vinha em grande fase, tinha a 4º melhor campanha no ano de 2017 no campeonato. O jogo foi conduzido de forma tranquila por todo o tempo pelo City. A posse de bola foi mais uma vez a máxima do City, porém dessa vez com mais eficiência, principalmente na segunda etapa.

Na primeira parte do jogo a pontaria foi o pecado capital da equipe de Pep Guardiola, criava boas chances mas na hora do chute vinha a falha. A prova é que o placar só foi aberto aos 30 da etapa inicial, e advinha de que jeito? Sim, gol contra, Elmohamady fez o favor e colocou o City na frente. Fato interessante é que esse foi o 5º gol contra que beneficiou o City na temporada, fazendo com que seja a equipe com mais “presentes” recebidos na competição.

City voltou pra segunda etapa ainda mais sedento por gols, tanto que não esperou nem 5 minutos pra ampliar o marcador. E foi dele mais uma vez, pela décima vez nas últimas 10 partidas, Sérgio Agüero marcou pelo City, 4º partida consecutiva com gol para o argentino. Menção mais que honrosa para a fantástica jogada de Sterling pela direita, deixando 3 defensores do Hull pra trás antes de cruzar para o centroavante.

Com o jogo sob controle, foi a hora do City fazer o que mais gosta, tocar a bola. A posse chegou a ficar 75% para os Sky Blues. Quando quis matar de vez a partida, foi lá e fez mais um. Em ataque veloz pela direita e em mais uma assistência de Sterling, a terceira dele na partida, Delph confirmou a vitória do City com um belo chute no canto do goleiro.

A partir daí Guardiola começou a rodar equipe, dando oportunidades a Nolito, Ieanacho e Fernando, que tiveram seus minutinhos pra mostrar futebol. Mas o jogo ficou lento, City não tinha mais aquele ímpeto inicial e o Hull já estava entregue. Porém, como City não é o City se não tomar gol e o Bravo não é o Bravo se não falhar, tivemos que tomar um pra manter a sina. O gol de honra dos Tigers foi marcado pelo zagueiro Ranocchia. Nos minutos finais foi só segurar a bola e esperar o apito final.

Vitória obrigatória foi confirmada sem sustos, nos mantemos em 4º lugar no campeonato, com 2 pontos a menos que o Liverpool, 3º colocado, entretanto temos um jogo a menos. A verdade é que nos resta esperar o dia 23 de abril, para a disputa da semifinal da FA Cup, competição que pode salvar a temporada com um título que não vem desde 2011.

Fight to the end, C´mon City!

 

 

 

 

Sobre Paulo Henrique Gomes

Veja mais

Aguero faz hat-trick e vence Newcastle por 3 x 1

Derrotado na última rodada, o Manchester City se reabilitou no Campeonato Inglês durante a tarde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *