sexta-feira , 15 dezembro 2017
Home / City Women / City Women goleia novamente e segue na vice-liderança da WSL

City Women goleia novamente e segue na vice-liderança da WSL

Pela segunda rodada da WSL, o Manchester City continua letal. Goleou o Arsenal por 5×2, na primeira partida em casa na temporada. Com direito a lei do ex, os gols foram marcados por Jane Ross (foto), Houghton, Stanway, Christiansen e Scott. Mitchell e O’Reilly descontaram.

Com novidades no banco, as meio-campistas Ella Toone e Pauline Bremer, relacionada pela primeira vez numa partida oficial, o time foi o mesmo da rodada passada. Tessel Middag, Mel Lawley e Karen Bardsley seguem no DM. Nick Cushing mandou a campo o seguinte onze inicial (4-1-4-1), diante de 1,646 torcedores no Academy Stadium:

A primeira chance do City veio logo nos primeiros minutos, após saída de bola errada da goleira Sari van Veenendaal, Jill Scott rouba a bola e deixa Nikita Parris na cara, mas o tento foi para fora. Aos 12 minutos, O’Reilly obrigou a jovem goleira Ellie Roebuck a fazer boa defesa – notem que Ellie tem apenas 18 anos, veio do W-EDS e já desbancou Marie Hourihan, relegada à terceira goleira; Karen Bardsley segue lesionada. Quando o City pegava a bola, dava trabalho pelos lados, principalmente com Claire Emslie e Parris. Do lado vermelho, a jogada mais perigosa foi com Jodie Taylor, artilheira da última edição da Euro, com 5 gols.

O placar só seria aberto depois dos 35 minutos. A jogada iniciou com um escanteio curto, Demi Stokes recebeu a bola de Emslie, inverteu para Abbie McManus, que carregou até a linha de fundo e cruzou para a artilheira Jane Ross marcar seu segundo gol na competição. Um belo lance. Porém, o Arsenal empataria logo em seguida, em cobrança de escanteio, com Mitchell subindo mais que todo mundo e cabeceando livremente.

Nos acréscimos, Steph Houghton deixou o seu, em cobrança de escanteio cobrada por Emslie (quase um gol olímpico) que a goleira defendeu, mas o rebote caiu nos pés da camisa 6, que honrou a lei do ex (e comemorou) – Houghton defendeu o Arsenal entre 2010 e 2013, vencendo 2 WSL (2011/2012), 2 Copas da Liga (2012/2013) e 2 Copas da Inglaterra (2010-11/2012/13).

Na volta do intervalo, logo aos dois minutos, em nova cobrança de canto, as Gunners empataram, com O’Reilly recebendo a bola de R. Scott, Roebuck saiu muito mal e McManus ainda se esforçou em cima da linha, mas sem sucesso. Depois, Jordan Nobbs ainda daria um susto, mandando um chute na gaveta, mas a bola acabou batendo na trave. Aos 20 minutos, Scott dá um passe perfeito para Georgia Stanway na entrada da área (no meio de três Gunners) e o talismã só teve o trabalho de chutar pro gol.

Cinco minutos depois, Izzy Christiansen aproveita falha da zaga e manda um belo chute rasteiro, que ainda resvala na trave antes de entrar. O último prego do caixão foi colocado por Jill Scott, a dez minutos do fim da partida, em jogada iniciada ainda no campo de defesa. Emslie cruza para a camisa 8, que manda um chute meio desengonçado, mas que acabou com qualquer esperança do Arsenal. Um canhão que van Veenendaal dificilmente defenderia. Um sonoro 5×2 que coloca o Manchester City na briga pelo título – e no bicampeonato.

Scott, Ross e Stanway tem dois gols cada na competição. O City está em segundo lugar, com os mesmos seis pontos do Chelsea, porém o time de Londres lidera pelo saldo de gols (12 a 9). As Blues venceram hoje o Sunderland por 6×0. O Arsenal está em quinto, com 3 pontos.

Agora o foco é a estreia na Women’s Champions League. Nesta quarta, dia 4, o time irá jogar contra as austríacas do St. Polten. Pode ser que o Facebook do Manchester City transmita a partida, como aconteceu nos jogos da temporada passada. O jogo da volta será na próxima quinta, dia 12, no Academy Stadium.

 

Sobre Kamila Villarreal

Responsável pelo City Women. Queria ser jogadora de futebol, mas como não deu certo, escolheu ser jornalista.

Veja mais

De virada, City Women vence e continua invicto na WSL

Neste domingo, pela quarta rodada da WSL, o Manchester City venceu, de virada, em casa, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *