quinta-feira , 23 novembro 2017
Home / City Women / De virada, City Women vence e continua invicto na WSL

De virada, City Women vence e continua invicto na WSL

Neste domingo, pela quarta rodada da WSL, o Manchester City venceu, de virada, em casa, para o Birmingham, pelo placar de 3×1, Christiansen duas vezes e Beattie; Quinn descontou. Mesmo em um jogo apático, o time parecia ter perdido o ritmo, talvez pela data FIFA, em que várias jogadoras do clube defenderam suas seleções em busca de uma vaga na Copa do Mundo 2019, que será realizada na França.

Com Pauline Bremer ainda lesionada (sem previsão de retorno), Marie Hourihan e Esme Morgan não relacionadas e Karen Bardsley no banco, Nick Cushing mandou o seguinte onze inicial, no Academy Stadium:

O Birmingham – com quem o clube vem criando uma espécie de clássico, cujo ápice a final da Copa da Inglaterra 2016/17, em que o City venceu pelo placar de 4×1 em pleno Wembley – abriu o placar logo aos quatro minutos, com Lucy Quinn cara a cara com a goleira Ellie Roebuck, que nada pôde fazer.

Daí em diante, chuva de gols perdidos, num jogo sem sal, que vale a liderança do campeonato, lembrando que o Chelsea só lidera por causa do saldo de gols (ambos tinham três vitórias em três jogos). Mas se o lado azul de Manchester jogou mal, não podemos dizer da defesa do Birmingham, com a goleira Ann-Katrin Berger em dia inspirado e a linha de defesa bem postada, praticamente matou quaisquer jogadas do City.

Mas bastou elogiar, que, aos 30 minutos, pênalti, que foi convertido por Izzy Christiansen. Depois, o Birmingham ainda teve uma jogadora expulsa, Harrop, que agrediu Georgia Stanway e foi direto pro chuveiro. Após o gol e a expulsão, o City sufocou as visitantes. Só uma das três mudanças surtiram efeito: Ross por Emslie; Stanway por Lawley e Parris por Campbell.

E foi justamente a última substituição que deu certo: aos 45, na raça, Meg Campbell, em mais uma de suas excelentes cobranças de lateral, jogou a bola direto na cabeça da zagueira Beattie. A árbitra deu sete minutos de acréscimo, e no apagar das luzes, Berger derrubou Stanway na área e mais um pênalti para o City, novamente convertido por Christiansen. A perseguição ao líder Chelsea (que ainda não sofreu gols) continua.

Agora o City vai focar na Continental Cup, com dois jogos nessa semana: dia 2, fora de casa, contra o Oxford, e dia 5, num combo de Man City (os homens vão jogar pela Premier contra o Arsenal), elas receberão o Everton. No jogo de domingo, o feminino jogará depois do masculino.

Sobre Kamila Villarreal

Responsável pelo City Women. Queria ser jogadora de futebol, mas como não deu certo, escolheu ser jornalista.

Veja mais

Pela UWCL, City Women estreia com vitória e lesões graves

Na tarde desta quarta, noite em St. Polten, na Áustria, o Manchester City começou sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *