domingo , 20 agosto 2017
Home / Premier League / Deu a lógica no Norte da Inglaterra: Sunderland 0 x 2 Manchester City

Deu a lógica no Norte da Inglaterra: Sunderland 0 x 2 Manchester City

Há jogos que são para brilhar e há jogos que são para se garantir os três pontos. Nos últimos seis encontros entre Manchester City e Sunderland, haviam sido seis vitórias do City, três delas dentro do Estádio da Luz, tendo marcado 9 gols e sofrido apenas 2 dentro dos domínios adversários. No confronto entre o segundo pior mandante e o melhor visitante do campeonato inglês, fora de casa, os comandados de Pep Guardiola não brilharam, mas fizeram o “dever de casa” e venceram o lanterna e desesperado Sunderland por 2 a 0.

O jogo não começou fácil para os Blues. Com uma atmosfera de tensão no estádio, empurrado pela sua torcida e pela necessidade de vencer, o Sunderland começou marcando em cima, com muita correria e disposição, chegando a colocar sete jogadores marcando a saída de bola do City, que segurou a pressão inicial e tentou, pouco a pouco, trocar passes e tomar o domínio da partida.

Com Kevin de Bruyne no banco e sem muita criatividade, o city errava passes e o jogo seguiu truncado e sem lances de perigo para os goleiros até que Defoe, referência no comando de ataque dos Black Cats, chutou de fora da área e carimbou a trave direita de Caballero aos 19 minutos. Na sequência do lance, Borini, sozinho, cabeceou para fora. Foi o melhor momento do Sunderland no jogo, momento em que até mesmo lateral estava difícil de cobrar, por parte do City. Aos 23, Clichy errou o arremesso e o árbitro marcou reversão.

O domínio e pressão dos Citizens começou aos 26 minutos, quando o time começou a trocar mais passes na frente da área adversária e, aos 31, Fernandinho acertou o primeiro chute do City no gol de Pickford, que fez segura defesa. Pouco depois, Sané, destaque ofensivo pela esquerda, tabelou com Touré e cruzou para Silva que se esticou e chegou a tocar na bola, mas não o suficiente para desviá-la para o fundo das redes. Foi o primeiro grande lance de perigo do City na partida.

O torcedor do Sunderland ainda viu Jones, por duas vezes, quase marcar de cabeça em dois escanteios cruzados por Januzaj, porém, após dificultar o jogo com todas as armas que tinham, o time do norte da Inglaterra viu a estrela de Aguero brilhar e abrir o placar para o City aos 41 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento de Sterling, o ídolo dos blues foi mais uma vez decisivo, se antecipou a Kone e tocou para o fundo das redes. Após o gol, o jogo mudou completamente. O City dominou o jogo por completo e viu o Sunderland sentir o golpe e perder suas forças pouco a pouco, afrouxando a marcação. Aos 13 minutos do segundo tempo, em rápido contra-ataque, Silva rolou uma bola açucarada para Sané tocar na saída de Pickford para fechar o placar.

Com o time adversário entregue em campo, o clima no estádio ficou mais contido e, ao longo do segundo tempo, torcedores começaram a deixar as arquibancadas do Estádio da Luz, em uma imagem emblemática do jogo. Muitos não viram Defoe, impedido, cabecear para o fundo das redes do City, aos 37 minutos da etapa final, no último suspiro dos Black Cats. O impedimento foi assinalado e o jogo caminhou para o fim com mais algumas chances perdidas pelo City. Com a vitória, o City permanece na briga pelo título inglês, 8 pontos atrás do Chelsea, adversário que enfrentará no dia 5 de abril, em Londres.

Autor do texto Jonatan dos Santos

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

City vence e até convence, mas segue coadjuvante na temporada

City venceu o Hull por 3 a 1 e segue cumprindo tabela no campeonato inglês. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *