segunda-feira , 29 maio 2017
Home / City Women / Duggan faz três e City Women vence a segunda seguida na Spring Series

Duggan faz três e City Women vence a segunda seguida na Spring Series

Na tarde desta terça, em Bristol, o Manchester City conseguiu mais uma vitória pela WSL Spring Series. Pela terceira rodada, o time venceu as donas da casa por 3×0, cortesia de uma Toni Duggan muito inspirada. Os 875 presentes no Stoke Gilford Stadium – incluindo o avô da camisa 9, que veio de Liverpool só para vê-la e ganhar esse abraço que ilustra o início do texto – viram o seguinte onze inicial:

Da esq. p/ dir.: Hourihan; Stokes, McManus, Beattie, Campbell; Christiansen, Walsh (c), Asllani; Lawley, Duggan, Parris

Em relação ao time considerado titular, Nick Cushing fez diversas alterações – sem precisar mudar o estilo de jogo – para dar chance a algumas jogadoras, como Megan Campbell, que desde que chegou ao clube lutou contra as lesões e nunca havia sido titular, ou recuar Kosse Asllani para a função de meio campo de criação. Além disso, Carli Lloyd e Karen Bardsley sequer foram relacionadas e três dos pilares do time – Lucy Bronze, Steph Houghton e Jill Scott – começaram a partida no banco de reservas.

Jogando sua segunda partida em três dias, o City começou nervoso, porém, conseguiu criar uma boa chance logo aos 13 minutos, com Duggan mandando por cima do travessão, numa linda jogada individual. As chances foram poucas, mas Duggan era a que mais criava, claro que o fato de que ela estava em sua posição correta – de centroavante e não jogando pela direita, como aconteceu algumas vezes – permitiu que ela criasse boas jogadas.

Só que o primeiro gol só viria aos 43 minutos, com Izzy Christiansen começando a jogada, passando a bola para Nikita Parris, que só teve o trabalho de cruzar para a camisa 9 marcar seu primeiro gol na competição. E foi só isso no primeiro tempo. Porém, na volta do intervalo, logo aos cinco minutos, Meg Campbell foi derrubada na área. Pênalti para o City, que Duggan converteu.

Sete minutos depois, Campbell cobrou mais um de seus laterais perfeitos, facilitando o hat-trick de Duggan. Aliás, Campbel cobra os laterais – desde que perto da área – com precisão: direto na cabeça da atacante que estiver mais próxima do gol. Definitivamente, a camisa 20 está totalmente curada das lesões – e o City só tem a ganhar com esse reforço. Um hat-trick em 18 minutos.

Ainda daria tempo de Duggan marcar mais um, mas ela fez falta na goleira Caitlin Leach e Parris deixar o seu, mas, novamente, a goleira defendeu na hora certa. O City está em segundo na tabela, apenas três pontos atrás do líder Liverpool, porém tem um jogo a menos. O próximo encontro pela WSL Spring Series será em 21 de maio, contra o Yeowil Town, às 14h (hora local), no Academy Stadium.

Mas antes, neste sábado, 13 de maio, às 17h15 (hora de Londres), tem a final da Copa da Inglaterra, em que o Manchester City disputará o título inédito diante do Birmingham, em Wembley. Ainda não se sabe se o Facebook do City transmitirá a partida.

O jogo completo entre Bristol x City está disponível no canal do Bristol no Youtube. E a tabela da WSL Spring Series pode ser conferida no site da FA WSL.

Sobre Kamila Villarreal

Responsável pelo City Women. Queria ser jogadora de futebol, mas como não deu certo, escolheu ser jornalista.

Veja mais

Mel Lawley faz seu primeiro gol pelo City, que vai à final da Copa da Inglaterra

Na tarde desta segunda (manhã em Brasília), o Manchester City escreveu mais um capítulo em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *