segunda-feira , 18 dezembro 2017
Home / Análise dos Jogos / EM JOGO MORNO, CITY VENCE E SE CONSOLIDA DE VEZ NA LIDERANÇA DO GRUPO F DA UCL.

EM JOGO MORNO, CITY VENCE E SE CONSOLIDA DE VEZ NA LIDERANÇA DO GRUPO F DA UCL.

Na tarde desta Terça-Feira, Manchester City e Feyenoord fizeram um jogo com poucas oportunidades no Etihad Stadium.
Como de costume, a equipe de Pep Guardiola controlou a posse de bola e por consequência disso teve o controle do jogo durante os 90 min do duelo.

As equipes foram a campo com ás seguintes escalações:

City: Ederson;Walker,Otamendi,Mangala,Danilo; Yaya,Gundogan,De Bruyne;Sterling,Aguero eBernardo.

Feyenoord: Jones;Diks,Van Beek,Tapia,Haps; Amrabat,Vilhena,Toornstra;Berghuis,Larsson eBoetius.

PRIMEIRA ETAPA
Apesar das mudanças feitas por Guardiola para a partida, o Manchester City não fugiu do seu padrão de jogo e dominou o Feyenoord nos primeiros 45 min. Porém, os azuis de Manchester tiveram bastante dificuldade para ameaçar o goleiro Brad Jones. O City chegou pela primeira vez aos 13’ após um cruzamento de Walker pela direita, onde o goleiro Jones se atrapalhou um pouco mas fez a defesa antes da chegada de Aguero. O time holandês não ameaçou muito a meta de Ederson no primeiro tempo, salvo pequenos vacilos defensivos cometidos pelos Citizens. Os azuis de Manchester chegaram novamente aos 20’ com boa jogada de Kevin De Bruyne que tocou para Aguero finalizar em cima do goleiro do Feyenoord. O Feyenoord teve uma boa chance aos 26’. Após um vacilo do goleiro brasileiro Ederson que dominou mal, mas por sorte Boetius se atrapalhou e cometeu falta. O Manchester City chegou com perigo por duas vezes, primeiramente aos 31’ com De Bruyne que disparou pela esquerda e cruzou na medida para Aguero, o camisa 10 antecipou-se a marcação mas mandou à esquerda do gol de Brad Jones. Aos 32’ Raheem Sterling chegou pelo meio e soltou uma bomba, obrigando o goleiro do Feyenoord a espalmar e ceder escanteio á equipe inglesa. Aos 35’ a equipe de Van Bronckhorst criou outra boa chance com Larsson. O atacante recebeu na área, fintou Walker e bateu cruzado. A bola passou raspando a trave de Ederson.

A MELHOR CHANCE DO PRIMEIRO TEMPO
A melhor chance do primeiro tempo aconteceu aos 36’. Sterling fez grande jogada e deixou Bernardo Silva na cara do gol, o português dominou mas chutou fraco e perdeu a grande chance de abrir o placar para o City.

SEGUNDA ETAPA

A segunda etapa começou e foi o Feyenoord quem chegou primeiro. Aos 60’, Larsson tentou um chute colocado no ângulo de Ederson, mas o chute foi muito forte e a bola passou por cima do gol. Aos 63’, foi a vez do Manchester City chegar pela primeira vez no segundo tempo, De Bruyne recebeu pela direita e chutou cruzado. A bola passou raspando a trave e assustando Brad Jones. Aos 66’, o City chegou novamente numa bela cobrança de falta de Yaya Touré. A bola foi no cantinho do goleiro do Feyenoord que saltou e defendeu com a ponta dos dedos. O árbitro deu apenas tiro de meta.

BOA CHANCE DO FEYENOORD
Aos 68’, o goleiro Ederson salvou o City de sair atrás no placar. O atacante Larsson deu um belo passe de cavadinha deixando Berghuis na cara do gol, Berghuis soltou uma bomba e obrigou o brasileiro a jogar a bola para escanteio.

OUTRA CHANCE PERDIDA PELO CITY
Aos 72’ os Citizens perderam outra grande chance. Aguero recebeu de Bernardo Silva na área, ficou frente á frente com o goleiro mas mandou a bola para fora.

O GOL
Aos 87’, Raheem Sterling tabelou com Ilkay Gundogan e recebeu um passe açucarado do alemão. Com um toque de muita categoria por cima do  goleiro, o camisa 7 abriu o placar e garantiu a vitória dos Citizens no Etihad.

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Como dito, a partida entre City e Feyenoord pela penúltima rodada da Fase De Grupos, foi bastante morna. Os comandados de Pep Guardiola dominaram as ações nos 90 minutos, e foram pouco ameaçados dento do jogo. Vale lembrar que o técnico catalão fez um rodízio na equipe na partida, poupando alguns de seus jogadores titulares. Destaca-se também, a entrada de Phil Foden e Brahim Diaz cotados até para começar o jogo, vale lembrar também a entrada de Gabriel Jesus. Tanto o brasileiro quanto as duas joias do Man City tiveram atuações bastante discretas no jogo. Com a vitória de hoje, o Manchester City garantiu a primeira colocação do Grupo F da UCL e já passam a pensar nas Oitavas de Final da competição. Já o Feyenoord soma apenas um ponto na competição e já está eliminado.

PRÓXIMOS JOGOS DAS EQUIPES
As duas equipes voltam a campo no fim de semana, em partidas válidas pelos campeonatos locais. O Manchester City enfrenta o Huddersfield no domingo 26/11 ás 14:00 no Estádio John Smith’s na cidade de Huddersfield.

O Feyenoord enfrenta o Groningen no sábado 25/11 as 16:45 no Estádio Noordlease, na província de Groninga, na Holanda.

Esperamos que o City possa manter a invencibilidade na temporada e consiga mais uma vitória dentro da PL para manter-se firme, forte e isolado na liderança do Campeonato Inglês.

#TudoPeloCity

Sobre Vinícius Pezzetini

Veja mais

Manchester continua azul

  City vence o derbi de Manchester dentro de Old Trafford e abre 11 pontos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *