segunda-feira , 18 dezembro 2017
Home / Análise dos Jogos / EM JOGO MUITO COMPLICADO, STERLING BRILHA E CITY VENCE O SOUTHAMPTON NO FINAL!

EM JOGO MUITO COMPLICADO, STERLING BRILHA E CITY VENCE O SOUTHAMPTON NO FINAL!

Na noite desta Quarta-Feira, Manchester City e Southampton fizeram um confronto muito bom pela 14ª rodada da Premier League.
Ambas as equipes vinham de vitória dento do Campeonato Inglês, o Manchester City venceu o Huddersfield por 1×2 de virada no último domingo fora de casa. Já o Southampton venceu o Everton por 4×1 no St’ Marys.

PRIMEIRA ETAPA
O Southampton, com uma equipe muito bem postada deu muito trabalho ao time da casa. A equipe de Pep Guardiola começou o jogo pressionando muito seu adversário tendo muita posse de bola e controle de jogo. Porém, a primeira chance do jogo foi da equipe de Maurício Pellegrino.

NO TRAVESSÃO!
Aos 13′, após cobrança de escanteio o zagueiro Hoedt acerta o travessão de Ederson após desvio de Yoshida.

RESPOSTA RÁPIDA DO CITY!
Apesar do susto, o City respondeu rápido. Em contra-ataque, os azuis de Manchester obrigaram o goleiro Forster a fazer boas defesas, primeiro em chute de Sterling e na sequência foi a vez de Gabriel Jesus fazer o goleiro do Southampton trabalhar.

CHANCE PARA O CITY!
Aos 23′, após grande triangulação de Gundogan, Jesus e Aguero, o camisa 33 chutou rasteiro Forster deu rebote e Gundogan mandou na rede pelo lado de fora.

RESPOSTA PERIGOSA DO SOUTHAMPTON!
Aos 34′ , após nova cobrança de escanteio, Van Dijik desviou e Yoshida completou. Mandando a bola por cima do gol.
Os primeiros 45 min de jogo não foram fáceis para os comandados de Guardiola, o goleiro da equipe visitante foi o grande responsável pelo placar não ter sido inauguarado no primeiro tempo.

SEGUNDA ETAPA
O segundo tempo começou e o Manchester City foi para cima dos Saints e abriu o placar logo no começo da etapa final.
O PRIMEIRO GOL !


Aos 46′, o belga Kevin De Bruyne cobrou falta, o zagueiro Van Dijik tenta fazer o corte e acaba jogando contra o patrimônio. A arbitragem deu o gol para o nosso excelente belga, camisa 17.

OUTRA BOA CHANCE!
Logo após o primeiro gol, o City chegou mais uma vez com perigo. Gabriel Jesus recebeu pelo lado esquerdo da área e finalizou. A bola passou perto.

GRANDES OPORTUNIDADES PARA OS AZUIS DE MANCHESTER !
55′, Gabriel Jesus roubou a bola recebeu de Sérgio Aguero e chutou colocado, Forster brilhou novamente. Aos 56′, De Bruyne manda uma bomba de fora da área e o goleiro dos visitantes salva mais uma. Uma muralha humana!

O EMPATE!


Aos 75′, Após cruzamento da direita, Boufal se livra de Delph e serve Oriol Romeu, que deixa tudo igual no Etihad.
Daí para o fim do jogo, os Citizens encurralaram os Saints e exerceram uma pressão absurda nos visitantes.

NO ÚLTIMO SUSPIRO !!!!


Aos 95′ (último minuto dos acréscimos), Raheem Sterling recebeu na esquerda puxou para o meio, tabelou com Kevin De Bruyne e acertou um chute de rara felicidade no ângulo de Forster. NO APAGAR DAS LUZES!!! City 2×1 de virada!

CONSIDERAÇÕES FINAIS
Como dito, o jogo entre Man City e Southampton foi bastante complicado para os donos da casa. As equipes foram a campo com as seguintes formações:
City (4-3-3): Ederson;Walker,Otamendi,Kompany,Delph; Fernandinho,Gundogan,Kevin De Bruyne; Jesus, Aguero e Sterling.
Southampton (5-3-2): Forster;Van Dijk,Yoshida,Hoedt; Cédric,Oriol Romeu,Hojbjer,Lemina,Bertrand;Redmond,Long.

O JOGO
A partida começou e como sempre o City impôs seu rítimo, muita posse de bola e controle de jogo. Porém, a equipe de Mauricio Pellegrino foi capaz de segurar o líder do campeonato e até conseguiu criar chances muito perigosas contra a meta de Ederson, mas o zero não saiu do placar no primeiro tempo.
Veio o segundo tempo e com ele o primeiro gol dos Citizens. Logo aos 46′ Kevin De Bruyne cobrou escanteio, Van Dijk desviou e acabou fazendo 1×0 para os azuis de Manchester, (lembrando que o gol foi dado para o camisa 17 do Manchester City).
Mesmo sofrendo o gol os Saints continuaram com a mesma postura da etapa inicial, marcando bem o City e apostando nos contra-ataques. O empate veio aos 75′ após bom cruzamento da direita, Boufal livrou-se muito bem de Delph e rolou para o espanhol Oriol Romeu finalizar alto, forte e sem chances para o goleiro brasileiro Ederson. Vale lembrar também que, o autor do gol dos visitantes já foi treinado por Guardiola quando ambos estavam no Barcelona.
Vinte minutos depois, veio o gol da vitória do líder invicto da PL até aqui. O gol derradeiro saiu graças a uma boa tabela entre De Bruyne e Sterling, o belga tocou para o inglês que acertou um belo chute no ângulo do goleiro Forster, decretando a vitória do City no último minuto do jogo.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS
O Manchester City volta a campo no domingo diante do West Ham ás 14h (Horário de Brasília), os Citizens jogam mais uma vez em Etihad Stadium. O Southampton também volta a campo no domingo diante do Bournemouth em Vitality Stadium ás 11:30 (Horário de Brasília). Esperamos que no domingo o City consiga mais três pontos para irmos embalados e muito confiantes para o Clássico de Manchester no dia 10/12 em Old Trafford.
#TudoPeloCity

Sobre Vinícius Pezzetini

Veja mais

Manchester continua azul

  City vence o derbi de Manchester dentro de Old Trafford e abre 11 pontos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *