quarta-feira , 23 agosto 2017
Home / Uncategorized / Entre a admiração e a desconfiança

Entre a admiração e a desconfiança

Há exatamente dois anos começava uma nova era no Manchester City, o tempo, que perdura até os dias atuais, em que o comandante da nau azul é o italiano Roberto Mancini.

Em meados de dezembro de 2009, cansado de um então técnico que passara um ano e meio sem mostrar evolução, com a “era-Sheikh” sendo alvo de chacotas, mas ao mesmo tempo profundamente feliz pela sua queda, eu me perguntava: “e agora, teremos técnico?” 

No post eu mostrava minha esperança pela mudança, afinal, qualquer coisa parecia melhor que Hughes, e ao mesmo tempo já comentava os primeiros obstáculos enfrentados por ele: a imprensa. 

Uma das birras era até que natural, os ingleses são muito apegados a projetos duradouros, e não acharam que a decisão de demitir Hughes era precipitada, que outros grandes treinadores demoraram para se afirmar, mas, cada um, cada um, só nós sabíamos que aquilo não daria certo o tempo que ficasse. E a segunda era xenofobia mesmo, trocar um britânico por um italiano, nada mais.

Mas então ele conseguiu o seu lugar como técnico na Liga Inglesa, pura e simplesmente por causa dos resultados. Pegando um time que tinha vencido apenas dois dos últimos onze jogos, fez uma campanha de recuperação, alcançando 11 vitórias, 5 empates e 5 derrotas em sua primeira temporada, quase pegando a última vaga para a Champions, mas bobeando no jogo decisivo contra o Tottenham, o que já foi motivo para pedirem uma nova troca…

Mas Mancini continuou, em 2010/11 teve a chance de iniciar uma pré-temporada, fortaleceu a equipe com o que achava necessário e assim finalmente os objetivos foram alcançados: 35 anos de fila de troféus encerrada com a FA Cup e a tão sonhada classificação a UCL. Mas criticas não faltaram também, algumas com razão, a equipe se mostrou muito instável e sem um padrão de jogo definido, não jogando bem, com muitas vitórias dadas pelo carma maior, Tevez. Sem falar do fato que sempre o acompanhará, o amor que tem por retrancas, por ser italiano.

A temporada atual segue de vento em poupa, ou quase, a eliminação na primeira fase da Champions, apesar do grupo difícil, ressuscitou o estigma de que ele não sabe jogar a competição, por esse motivo foi demitido da Inter. Tirando isso, após muitos problemas com jogadores, e depois do afastamento de Tevez, o italiano finalmente parece ter o grupo nas mãos, e, quem diria, a equipe joga bem e é líder da Premier League.

Este é Roberto Mancini, longe de ser unanimidade, precisou lutar para conseguir o respeito dos ingleses, e hoje é mais ou menos incontestável por lá, pudera, mas por aqui nem tanto, ainda dizem que pela equipe que tem poderia fazer bem mais, pode ser, não sei, não sou imediatista, sei que estou satisfeito com o que já fez. Mesmo assim sua imagem já melhorou bastante após as últimas conquistas.

No mesmo post após sua contratação, eu dizia enfático algo óbvio: “se mudará alguma coisa, só o futuro dirá” em relação aos feitos de Hughes, e o futuro foi positivo, Mancini fez e vem fazendo muito mais que o galês. Agora a afirmação é outra “se colocará este time entre os mais vitoriosos da história, só o futuro dirá”. Que ele nos seja generoso.
Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Chelsea x Manchester City-Preview

Barclays Premier League-13 Rodada Data: Domingo-25/11/2012 Local: Stamford Brigde-Londres Horário:14:00h (Brasília) Árbitro:Chris Foy Transmissão: Fox …

Sem comentários

  1. Carlitos tevez

  2. Roberto Mancini é amado na Inglaterra tem seu nome gritado nos estádios e admirado não só pelos torcedores do City como de outros clubes também.

    O Clube quer renovar o contrato do treinador que vence agora em julho por mais 5 anos. Alguns jornalistas dizem que ele poderá ser o novo Ferguson e ficar no City por muitos anos.

    Então vida longa ao Mancini

  3. Roberto mancini disse que quer ver tevez jogando bola novamente entao porque ele nao seleciona tevez por jogos seria bom se tevez ja jogaci contra o estoke city nesse fim de semana

  4. Tsunader amigo o jogo contra o Stoke é hoje, o Tevez está na Argentina sem treinar e só engordando.

    Hoje o Tevez não joga mais no City por exclusiva culpa dele que preferiu viajar para Buenos Aires em vez de ficar treinando e talvez pedir desculpas aos companheiros, ele preferiu ouvir o Kia.

    Tevez não veste mais a camisa do City você pode começar a conviver com isso.

    Estamos vivendo um momento maravilhoso no City use todo seu entusiasmo e torça para a equipe que vem fazendo bonito na Premier League porque o Manchester City é maior que qualquer jogador.

    Abs

  5. Concordo contigo Evans o Tévez não ta jogando pq não quer se queimou com o Mancini por opção dele

  6. Eu sei mais tevez ta na argentina sem conceito do man city e se mancini que ele volte a jogar bola ta nas maos dele mesmo é ele manda tevez volta pro time esse jogo com stoke city de fato nao da pra ele jogar nem ele e mancini querendo por que ele ta sem joga a quase 3 meses e nao ta treinando a mais de um mes por foi pra argentina tevez tem que conversa com mancini e pede pra volta pro time eu sei que eles dois nao ta num bom momento mais se ele volta a jogar e faze gols eu tenho certeza que ele vai volta a ser querido pelo mancini e pela torcida a sim como balotelli ta cendo

  7. O Tévez deve estar igual ao Maradona depois de 3 meses sem treinar xD,vai demorar um tempo pra entrar em forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *