quinta-feira , 17 agosto 2017
Home / Análise dos Jogos / Entre erros e erros, City chega ao final brigando apenas por uma vaga na Champions

Entre erros e erros, City chega ao final brigando apenas por uma vaga na Champions

As últimas quatro partidas do City sintetizaram o que foi a equipe na temporada. A irregularidade recorrente e a falta de poder de decisão se fizeram presente durante o período. Hoje, ao menos, foi aquele jogo pra tirar a barriga da miséria, 5 a 0 ainda foi pouco para o tanto de oportunidades criadas pelo City. Destaque para a grande atuação de De Bruyne, que vinha de uma breve decaída. A vaga na Champions segue vivíssima.

Voltando na recapitulação das mais recentes partidas, temos que recordar o triste dia 23/04, a eliminação na semifinal da Fa Cup para o Arsenal ainda dói e continua sem explicação. Foi mais um daqueles jogos que o City foi melhor mas não soube aproveitar as chances, mesmo depois do jogo estar empatado. Ainda no tempo regulamentar, a equipe acertou duas bolas na trave, finalizações que colocariam o time na sonhada final. Mas como tem coisas que só acontecem com o City (o famoso “typical City”), a bola escolheu a trave em vez da rede.

Ainda na ressaca pela eliminação da Fa Cup, veio logo um dérbi, United vinha desfalcado de nomes como Pogba e Ibrahimovic. Mourinho não pensou duas vezes em ir para o Etihad pensando só em se defender, o que ele sabe fazer de melhor. O pior que deu certo, City controlou ao menos 90% do jogo, com total posse da bola, principalmente na segunda etapa. O ônibus instalado na defesa do United e a falta de criatividade impediram o City de sair triunfante do duelo. Faltou pontaria mais uma vez.

Uma das poucas notícias boas nesse período foi a volta de Gabriel Jesus, o brasileiro voltou a campo após 3 meses de afastamento por conta da lesão.

A sequência do dérbi foi o jogo fora de casa contra o Middlesbrough, e a sina continuou. Time sonolento e preguiçoso, foi o reflexo do City mais uma vez na competição. O empate ainda foi conquistado com muito suor, graças a Jesus que deixou o dele no final. Pra completar a decepção, Agüero saiu machucado.

A partida de hoje contra o Crystal Palace foi disparada a mais tranquila, time jogou bem, mostrou envolvência, a famosa posse de bola, porém dessa vem com um pouco mais de precisão. De Bruyne, Silva, Sterling, Jesus, hoje todos funcionaram muito bem. Na parte defensiva, não tiveram muito trabalho pois foram beneficiados pela falta de ameaça do Palace.

Agora é garantir essa vaga na Liga dos Campeões e torcer para que a próxima temporada seja bem melhor, pois dessa há pouco para recordar. Fight to End, Go City!

Sobre Paulo Henrique Gomes

Veja mais

City vence e até convence, mas segue coadjuvante na temporada

City venceu o Hull por 3 a 1 e segue cumprindo tabela no campeonato inglês. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *