sexta-feira , 24 novembro 2017
Home / Uncategorized / EPL: Manchester City vence de 2 a 1 o West Ham

EPL: Manchester City vence de 2 a 1 o West Ham

Na 35ª rodada da Premier o Manchester City se firmou no quarto lugar da tabela com a vitória de 2 a 1 sobre o West Ham, no City of Manchester. Os citizens garantiram a vitórias já aos 15 minutos do primeiro tempo, com gol de De Jong e Zabaleta. O placar podia ter sido ampliado, principalmente no segundo tempo, se não fossem os vários passes errados.

Os dois times começaram atacando bem. As defesas estavam organizadas e impediam boas finalizações. O placar foi aberto aos 10 minutos pelo City. Kompany tentou ajeitar cabeceando dentro da área do West Ham, a bola recuou e sobrou para De Jong que bateu de longe e marcou.

Só 4 minutos depois, saiu o segundo gol dos Blues. Silva passou para Zabaleta, que ajeitou no peito antes de chutar. O jogador Jacobsen, do West Ham, tenta tirar em frente ao gol, mas não impede que a bola entre. Houve dúvida se o gol foi contra, mas o árbitro deu crédito para Zabaleta.

Mesmo na desvantagem, os Hammers não ficaram recuados. Para marcar, o West Ham continuou avançando, sem manter o time concentrado na defesa. Inicialmente o City também pressionava, procurando ampliar.

Aos 31 minutos quase saiu o gol dos Irons. Keana se aproximava sem marcação e só parou quando Hart se adiantou e conseguiu desviar. Após o West Ham recuperar a posse de bola, foi a hora da defesa dos Blues trabalhar para tirar o perigo.

Somente 2 minutos depois do susto, Ba diminuiu o placar. Durante um ataque, Lescott não conseguiu desviar a bola dentro da área, deixando a sobra para o gol.

Os Hammers conseguiram marcar por terem se mantido durante muito tempo dentro da área do City. A defesa ficou cansada e confusa com o constante ataque. Os Blues tentaram fazer o mesmo, se manter o máximo de tempo possível na área do adversário. O West Ham tinha que recuar rápido para impedir que os Citizens dominassem espaço.

O primeiro cartão amarelo, e único do West Ham, foi dado aos 48 minutos, após um Hammers puxar e derrubar AJ. Na cobrança, Silva bateu e, em meio a disputa, a defesa com dificuldade.

Para tentar fazer jus ao jogo que parecia fácil no início, o City tentou marcar novamente. Várias chances foram perdidas. Aos 55 minutos, Balotelli acertou a trave em cheio. Na sobra, Yaya Toure chutou na mão do goleiro.

Sete minutos depois, mais uma oportunidade passou. Silva avançou sem marcação. Sozinho com o goleiro, o espanhol demorou muito para chutar. Com a chegada da defesa, Silva teve que recuar e não conseguiu finalizar.

Os cartões amarelos para os Blues saíram aos 66 minutos, para Barry, e aos 68, para AJ. Para reforçar o ataque, Barry saiu aos 73 minutos para Dzeko entrar. Aos 85, Vieira substituiu Balotelli.

Chutes fracos na mão do goleiro, ou forte demais batidos para fora. Passes errados e tentativas frustradas de alcançar a bola marcaram o segundo tempo para o Manchester City. A perda de espaço dos Blues na metade do jogo foi notória e prejudicial.

Os três pontos de hoje firmaram a posição do City no 4º lugar. O Liverpool e o Tottenham, cada um com 55 pontos, ficaram ainda mais distantes na 5ª e 6ª posições. Agora, mesmo com 62 pontos, os Blues não se aproximaram do 3º lugar, já que o Arsenal também conseguiu 3 pontos na vitória sobre o Manchester United hoje.

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

City continua invicto mas só empata em Londres!

Depois da partida na quarta-feira onde estive acompanhando o City na Champions League hoje foi …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *