quinta-feira , 17 agosto 2017
Home / Premier League / Everton vence por 2 a 0 e City sofre a quarta derrota na Premier League

Everton vence por 2 a 0 e City sofre a quarta derrota na Premier League

Depois da vitória fácil sobre o Barnsley na semana passada pela FA Cup, o jogo contra o Everton na 30ª rodada da Premier League foi o oposto. Tevez não teve o mesmo desempenho e o time não conseguiu dominar no gramado. Os Toffees se destacaram em estratégia e garra na vitória de 2 a 0, com um gol nos últimos segundos da prorrogação e um jogador a menos em campo.
O placar quase foi aberto pelo Everton aos 13 minutos. Depois de uma confusão na pequena área do City, a defesa conseguiu tirar. O time continuou o ataque, até que a bola parasse nos pés de Mirallas, que finalizou marcando, mas estava impedido.
Aos 23 minutos, Tevez tentou marcar mais um de seus belos gols. O argentino recebeu quando estava em uma posição privilegiada, sem marcação, mas acabou deixando nas mãos do goleiro Mucha. Logo em seguida, foi a vez de Dzeko tentar. Depois de ter que dar um giro para ficar de frente para o gol, o bósnio deixou fácil para Mucha.
O Everton conseguiu conquistar mais espaço no primeiro tempo. Ataques constantes, estratégia para desarmar e segurar os Blues, assim os Toffees avançavam e criavam melhores oportunidades. Aos 34 minutos veio o inevitável: o Everton abriu o placar com um gol tranquilo. Osman, que estava mais atrás, finalizou fácil, com um chute certeiro no canto superior direito do gol de Joe Hart.
O Manchester City teve chance de crescer no segundo tempo. Os Blues enfim se mantinham com a posse de bola na área do Everton e estruturavam ataques mais ameaçadores. A oportunidade podia ter sido melhor aproveitada pela vantagem de ter mais um jogador em campo quando Piennar recebeu cartão vermelho e deixou o gramado aos 60 minutos.
Aos 67 minutos os Blues tiveram a melhor oportunidade da partida de conseguir o empate. Dzeko passou para Tevez, que finalizou. Mucha defendeu, deixando o rebote. Milner aproveitou e novamente o goleiro fez um bom trabalho.
Na primeira substituição do City, Barry deu lugar a Nasri, aos 70 minutos.
Outra boa chance do empate foi com a cobrança de falta. Zabaleta cobrou e não chegou a oferecer perigo. A equipe evoluiu na segunda metade da partida, mas não foi o suficiente para uma virada, ou ao menos o empate. Para mudar o ritmo do time, Sinclair entrou no lugar de Milner e Clichy substituiu Kolo Touré aos 83 minutos.
Os três minutos de acréscimos davam continuidade a saga pelo empate. Nos últimos segundos da partida saiu o segundo gol do Everton. Jelavic marcou bem. Ele levantou a bola, passando por cima de Joe Hart, que estava adiantado.
Essa foi a quarta derrota do Manchester City na temporada, a terceira fora de casa. Infelizmente, os três pontos perdidos podem pesar além da conta na luta pelo título.
Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

City vence e até convence, mas segue coadjuvante na temporada

City venceu o Hull por 3 a 1 e segue cumprindo tabela no campeonato inglês. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *