quarta-feira , 26 abril 2017
Home / Clube / Fernandinho fala exclusivamente ao Manchester City Brazil

Fernandinho fala exclusivamente ao Manchester City Brazil

fernandinho entrevista
Fernando Luiz Roza, o Fernandinho, chegou em Manchester em junho deste ano para acrescentar mais qualidade a equipe. Após fazer carreira no Shakthar Donetsk, ganhando 14 títulos pela equipe do leste da Ucrânia, o paranaense de Londrina agora quer gravar seu nome na história do City e do futebol inglês.
Em entrevista exclusiva, Fernandinho fala sobre sua contratação pelo Manchester City, à adaptação a nova rotina e ao novo estilo de jogo e da relação com o restante da equipe, além da vida na Inglaterra ao lado da família.
Fernandinho, depois de tantos anos jogando no Shakhtar, o que te levou a decidir mudar de ares e vir para o Manchester City?
 
Acho que já estava na hora de mudar de time e de país, após 8 anos decidi sair.
Queria um coisa nova, um novo campeonato, novas motivações e novos desafios.
E o City foi quem abriu as portas pra mim.
 
Durante as negociações você mostrou através das redes sociais que desejava vir para o City (você ganhou vários fãs por essa atitude, inclusive). É verdade que você abriu mão de €4 milhões de bônus do Shakhtar para conseguir a negociação?
 
Foi um período muito difícil pra mim e minha família. Expressei meu desejo de sair nas redes sociais porque estavam achando que era brincadeira minha.
No meu contrato com o Shakhtar eu tinha direito a receber um dinheiro sim, e abri mão desse dinheiro para não atrapalhar a negociação.
 
Nas últimas duas Champions League o City não conseguiu passar da primeira fase. Aguero disse que faltou jogadores experientes e nós sabemos que a sua experiência foi um dos motivos da sua contratação. Como está a expectativa para esse ano? Há muita pressão por resultados?
 
Realmente o time não foi bem o ano passado na Champions, mas esse ano começamos bem e nosso desejo é chegar a final e vencer. Tive boa participação na Champions do ano passado e talvez isso tenha chamado atenção do pessoal daqui.
Quanto mais jogadores com experiência em Champions League, melhor.

Agora falando de Premier League, você acredita que o grupo tem chance de recuperar o título da competição? Já deu para sentir o clima de rivalidade entre City x United?
 
Eu sinceramente acredito que esse grupo tem totais condições de recuperar esse troféu. Temos bons jogadores, bom treinador e todos querem vencer. Isso faz com que o time tenha seus objetivos claros na mente.
Já a rivalidade entre os dois times será mais evidente no domingo, no dia do derby.
Queremos ganhar a todo custo.
 
fernandinho entrevista 2
Como vem sendo a sua adaptação na Premier League? Existe uma grande diferença da Liga Ucraniana?
 
A adaptação está sendo boa, cada dia uma coisa nova que aprendo.
A diferença é gigante, não há como comparar.


A Ucrânia é um país frio, mas Manchester é conhecida por chover e ser cinzenta o ano todo. Está preparado para isso?
 E como tem sido sua adaptação na cidade?

 
A Ucrânia tem um inverno muito rigoroso, mas já tinha me acostumado com isso.
Já aqui em Manchester chove mais e não faz tanto frio, ao menos comparado a Donetsk.
A cidade é legal. Gostei muito daqui. Vários restaurantes legais, boas opções de lazer, então não terei problema algum em relação a isso.
 
Li uma entrevista do Kleberson esses dias em que ele contava que quando se mudou para Manchester ele não conseguia achar nem feijão preto na cidade. Já virou fã do Fish and Chips ou não sai do restaurante Bem Brasil?
 
As coisas mudaram desde quando o Kleberson jogou aqui. Já provei o Fish and Chips e também já fui ao Bem Brasil, mas pra falar a verdade, gosto muito da culinária italiana também, então o que tento fazer é diversificar o menu. 
Às vezes saímos e vamos a restaurantes e outras vezes comemos em casa mesmo.
Nada como uma comida brasileira, né?

Tirando o Elano, os jogadores brasileiros não se deram muito bem no City e a torcida não tem grandes recordações. Você pretende mudar essa história?
 
Muito se falou disso desde quando cheguei aqui. Esse já é mais um objetivo que tracei: mudar a imagem dos brasileiros que jogaram aqui, e acho que isso só acontecerá ganhando títulos e deixando o nome gravado na história do clube.

Em um dos vídeos gravados pelo Micah Richards na Pré-Temporada, vimos ele gritando para você: “Ah Muleke!!!”. Foi você quem ensinou português para ele? Você foi bem recebido pelo grupo?
 
Hahahahahaha Esse ah muleke tão conhecido não Brasil não tem nada a ver com o que Micah gritou pra mim.Ele simplesmente gritou Omeleeeeete em referência a um outro brasileiro que jogou aqui e sempre dizia a mesma coisa a ele.
Micah é uma excelente pessoa. 
Todos os jogadores me receberam muito bem
Fernandinho-5 

Está estudando para aprender a língua inglesa?
 
Ainda não. Nesse começo estamos arrumando as coisas de casa ainda. Meu filho já está indo para a escola, com apenas 3 anos, está difícil pra ele agora, mas logo irá superar e tudo ficará bem.
Minha esposa e eu, assim que terminarmos tudo aqui em casa, aí sim iniciaremos as aulas de inglês…understand???

Os jogadores do City são conhecidos pelas brincadeiras dentro do vestiário. Quem é o mais fanfarrão e o mais sério da equipe?
 
O mais fanfarrão ainda não deu pra perceber, mas o mais sério acho que dá para por na minha conta. kkkkkkkkk.

O que você achou da estrutura do Manchester City? O clube tem projetos ansiosos e o Etihad Campus com um novo CT será inaugurado ano que vem. Qual a expectativa?
 
A estrutura já é ótima e com a construção do novo CT ficará excelente.
A expectativa é sempre de vencer, e com essas condições para trabalhar pode ter certeza que a responsabilidade irá aumentar.

O Manchester City é considerado como o melhor clube do mundo em termos de usar as redes sociais e você sempre está conectado com os fãs. Como você vê essa interação entre a torcida e o clube/jogador?
 
Acho muito legal. Também já fui torcedor, numa época diferente é verdade, onde a informação só chegava pela televisão, rádio ou jornal impresso.
Os torcedores têm curiosidade em saber como vão seus ídolos,e o clube respeitar esse desejo do torcedor é muito importante.
Gosto de estar em contato com eles também. Pelo Twitter é onde me comunico mais.
Fernandinho, whose Manchester City side are preparing for the derby at United, scored against Fulham 

Os comentaristas ingleses dizem nas transmissões que o Brasil é tão cheio de opções que jogadores como você e o Willian não conseguem um lugar na seleção. Acredita que ainda dá tempo de conseguir uma vaga para 2014?
 
O Brasil tem muitas opções de jogadores e ficar entre os 23 é difícil, mas eu mantenho esperança e o desejo de fazer parte da seleção brasileira. Será um sonho realizado por mim e por minha família.
Afinal de contas é por eles que sempre me dediquei em vencer no futebol.
Acesses nossas redes sociais:http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

A história do Maine Road, o lendário estádio do Manchester City

O Maine Road foi a casa do Manchester City Futebol Clube por 80 anos, desde sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *