sexta-feira , 15 dezembro 2017
Home / Notícias / Kompany não mudará estilo, apesar de expulsão

Kompany não mudará estilo, apesar de expulsão

O capitão do City, Vincent Kompany, prometeu não mudar seu estilo de marcação, apesar de ter recebido um cartão vermelho na vitória sobre o Arsenal.
O belga foi expulso por Mike Dean por causa de um carrinho em Jack Wilshere, Kompany foi prejudicado com a decisão e depois postou uma foto em sua conta no Twitter, mostrando seu pé esquerdo em contato com o campo quando ele foi fazer a interceptação.
No entanto, acrescentou que não culpava Dean, dizendo: “Primeiro. Parabéns para a nossa equipe e fãs, grande jogo! Não há ressentimentos contra o árbitro, eu entendo a dificuldade do trabalho.”
Roberto Mancini declarou sua intenção de recorrer da decisão, um movimento que arrisca ter uma suspensão de três aumentada para quatro jogos, em caso de derrota, Kompany admitiu que pode não obter sucesso, mas defendeu seu estilo.
“Sobre o carrinho: se ocorre a dividida, a colisão é inevitável.”
“Em última análise eu sou um defensor: o recurso pode funcionar ou não. Nunca vou desistir de uma dividida, tanto quanto eu nunca pretendo lesionar um jogador.”
Milner, que aos 26 anos de idade pegou o primeiro cartão vermelho de sua carreira no início desta temporada, chamado para uma abordagem racional, acrescentou: “Isso é o futebol como é agora. É tão fácil de ser expulso.”
“No início da minha carreira pensei que nunca seria expulso, mas aconteceu comigo em West Brom.”
“Um erro, um toque ruim e você está indo além da bola.”
“Há casos onde o jogador está indo com todo o coração, jogadores honestos que tentam ganhar a bola. É uma decisão difícil, especialmente com o ritmo da Premier League agora.”
“O primeiro cartão vermelho (para Koscielny) provavelmente foi uma falta – que foi de onde eu estava – e se ele era o último homem, então provavelmente foi correta.”
“Para o segundo eu estava tão longe quanto o árbitro e não poderia dizer. É um trabalho duro ser um árbitro e tudo aconteceu tão rápido com os dois jogadores indo forte.”
“Mas ambos são honestos, então eu não acho que isso foi um lance malicioso ou sujo. É decepcionante para nós que Vinny vai perder um par de jogos.”
Por sua parte, Mancini foi rápido para expressar sua raiva e perplexidade sobre a decisão.
“Vinny entrou no carrinho, antecipando o adversário e pegando a bola primeiro”, disse o italiano.
“Eu não sei como é possível receber um cartão vermelho como este. Não foi nenhuma falta, nenhum cartão vermelho. Da bancada era difícil de ver, mas eu o vi novamente.”
“Nós vamos recorrer, porque é impossível que possamos perder um jogador por três jogos por nada. Não é para cartão vermelho, não é nada.”
“Vinny está decepcionado. Ele me disse que não fez nada.”
“Vamos recorrer e acho que podemos ganhar, porque é fácil, ele está correto. Mas temos um problema, porque estamos perdendo um monte de jogadores.”
“Agora estamos perdendo ele por três jogos, mas eu não acho que deveríamos.”
Adaptado do Manchester Evening News
Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

PRÉ JOGO MANCHESTER CITY X WEST HAM – PL – 03/12

Nesse domingo (3) Manchester City e West Ham se enfrentam no Etihad Stadium, pela 15ª …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *