sexta-feira , 15 dezembro 2017
Home / Lendas do City / Lendas do City: Colin Bell

Lendas do City: Colin Bell


Em mais um capitulo da série “Lendas do City”, vamos falar de Colin Bell, um meia que é simplesmente considerado o maior jogador da história do clube, e que fez um trio mágico com Francis Lee e Mike Summerbee no final dos anos 60.

Em 1966 Bell saiu do Bury para o Manchester City e ajudou a equipe a ganhar a promoção para a Primeira Divisão no mesmo ano. Em 1969, ele ajudou o City a vencer a FA Cup com uma vitória por 1-0 sobre o Leicester City. Em 1970, uma temporada mágica para o Manchester City e Bell, que ganharam dois troféus, a Taça da Liga e da Taça dos Vencedores das Taça dos Campeões Europeus, em conseqüência, o jogador ainda foi convocado para a Copa de 70, no México, pela Seleção Inglesa.

Em 1975 o mágico jogador viu a carreira sucumbir à violência dos adversários, Bell foi gravemente ferido no joelho direito contra o Manchester United em uma dividida com Martin Buchan durante uma partida da Copa da Liga em Maine Road. Ele tentou um retorno em 1977, nunca tendo recapturado a forma que guiou o Manchester City a uma imensidão de glórias, que após sua parada, não apareceram mais.

Depois de ser forçado a parar, Colin Bell ainda trabalhou no City por muitos anos com funções nas categorias de base, e como embaixador do clube. Em 2004, Bell foi escolhido pelos torcedores para dar nome a uma parte do novo City of Manchester Stadium, sendo chamada a partir de então de “The Bell Colin Stand”. Honra mais que merecida ao nosso maior jogador.

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Pete, the badge: a lenda viva do Manchester City

O futebol sem o torcedor não teria a menor graça. Imagine a final da FA …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *