terça-feira , 25 julho 2017
Home / Lendas do City / Lendas do City: Ken Barnes

Lendas do City: Ken Barnes


No nosso já tradicional capitulo semanal da série “Lendas do City” contaremos a história de um meia defensivo que foi o dono da posição do City durante 11 anos na década de 50, e se tornou ídolo, hoje falaremos de Kenneth ‘Ken’ Barnes.

Kenneth Herbert Barnes nasceu em 1928, como amador passou por Moor Green, Birmingham City, Bolton Wanderers. Ainda foi semi-profissional no Stafford Rangers, antes de se juntar ao City em 06 de maio de 1950, e finalmente se tornar profissional.

Mas Barnes não despontou de primeira no City, seu começo foi bem lento, nos primeiros quatro anos de clube ele fez apenas uma partida, contra o Derby County, em 05 de janeiro de 1952. Na temporada 1953-1954 Barnes estava jogando com a equipe reserva do Manchester City, usando um esquema tático semelhante ao da brilhante Hungria da década de 50, resultando em uma longa invencibilidade. No início da temporada seguinte, técnico do Manchester City, Les McDowall decidiu testar o sistema a nível da primeira equipe, com Don Revie no papel de centro-avante. Doravante, o sistema ficou conhecido como o Plano de Revie. O jogo de abertura da temporada resultou em uma derrota de 5-0 para o Preston North End. Revie opinou que o sistema não obteve sucesso porquê o meia John McTavish, em particular, eram defensivo demais. Para o efeito, Barnes foi escolhido para a partida seguinte no lugar de McTavish. O City bateu o Sheffield United 5-2, e Barnes tornou-se parte integrante da equipe, jogando todos os jogos no restante da temporada.

Durante a primeira temporada Barnes teve sucesso na Copa da Inglaterra. O City entrou na competição na terceira rodada, diante do Derby County. Ele marcou o primeiro gol na vitória por 3-1. A vitória no derby contra o Manchester United e uma vitória contra o Luton Town permitiu a chegada nas quartas-de-final contra seu clube de infância do Birmingham City. O City passou por Birmigham e Sunderland, e chegou a final, onde enfrentou o Newcastle United. No entanto, Barnes e o City perderam por 3-1.

Manchester City chegou à final da Copa novamente na temporada seguinte. O City bateu heroicamente o Birmingham City por 3-1, foi o único titulo de Barnes pelo clube.

Até o final dos anos 1950 Barnes foi um dos jogadores mais experientes no time, e em 1957 se tornou capitão da equipe, com a aposentadoria de Roy Paul. Durante a temporada 1957-1958 ele ajudou a equipe ao marcar 11 gols ao longo da temporada. Em seus anos no Manchester City, Barnes como capitão significava que ele havia se tornado uma forte influência sobre os jogadores mais jovens. Um exemplo particularmente notável foi Denis Law, que ingressou no clube em 1960, tornando-se grandes amigos ao longo da vida.

Nos vestiários Barnes tinha uma reputação de brincalhão, com Bert Trautmann sendo um alvo particular de chacotas. Em onze anos no Manchester City Barnes fez 283 apresentações em todas as competições, marcando 19 gols. Ele faleceu em julho de 2010.

foto: The Guardian

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Lendas do City: Uwe Rösler

O último personagem da série “Lendas do City” é mais um matador como o último …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *