sexta-feira , 18 agosto 2017
Home / Uncategorized / Mancheste City registra balanço de 2008/2009

Mancheste City registra balanço de 2008/2009

No dia de hoje o Manchester City anuncia os resultados da empresa no período que termina no dia 31 de maio de 2009. São os primeiros resultados da Era “Sheikh Mansour bin Zayed Al Nahyan”.

O ano que termina em Maio de 2009 marcou o começo de um período significativo de investimento em todas as áreas do clube, jogadores, times de base, infra-estrutura, internet e aplicações tecnológicas e no nosso pessoal.

Não é surpresa que tal investimento tenha impacto tão grande nos resultados financeiros desse ano. Esse investimento é também serve como previsão para os mesmos impactos nos próximos RF´s enquanto o clube procura sucesso dentro e fora do campo.

As receitas no período aumentaram em 6% para £ 87m (2008: £82,3m) tendo como contraponto a isso um aumento significativo dos custos de operação £ 121.2m (2008: £ 83.9m) resultado do aumento de gastos com jogadores e comissão.

Isso resultado numa perda de £34.2 m (2008: £ 1.6m) e num prejuízo após amortização de contratos de jogadores e pagamentos de juros de £ 92.6 (2008: £ 32.6m).

A média de público aumentou de 42,081 para 42,890 com aumento na venda de ingressos em £ 1.8 m,muito ajudado pela venda de ingressos para a Copa da Uefa. A arrecadação com a TV também aumento, em 12% para £ 48,3m principalmente pela participação na Copa da Uefa, mas com a queda no posicionamento da equipe em relação ao último campeonato inglês.

As receitas com a atividade comercial caíram 8% para £ 23.3m principalmente devido à redução de £4,5m por causa da queda de números de eventos no estádio. No ano anterior houve shows de música, luta de boxe e a final da Copa da Uefa.

Mas essa queda foi contrabalanceada por um aumento significativo no núcleo comercial do clube, Vendas e Parceiras.

Os custos com amortização dos contratos dos jogadores aumentaram de £ 25,4m para £ 39.4 m, reflexos do custo de montar um elenco de jogadores novos e para as divisões de base. O pagamento de juros e similares aumentou como resultado da quantidade de empréstimos feitos pelo único controlador do clube durante o período.

O Manchester City também pode confirmar hoje que os empréstimos feitos, no total de £ 304.9m, pelo único controlador foram transformados em ações e dividendos em favor do Sheik Mansour que também mais ações no valor de £ 89,6 m como medida para mostrar seu comprometimento de longo prazo com o clube. (Nota do blog: Essa medida foi a mesma realizada pelo Chelsea de Romam Abramovich, o valor das dívidas do Man City com o Sheik foram convertidas em ações, o clube criou mais ações que foram integralmente compradas pelo Sheik, ou seja, caso ele queira sair do clube, ele não cobrará os empréstimos, mas apenas venderá todas as ações que ele possui. No pior cenário possível, caso ele saia, o Manchester City terá quer vender seus jogadores para equilibrar as finanças.)

O diretor de Administração do City, Graham Wallace, comentou o RF:

“o RF reflete um período de rápidas mudanças no clube , o resultado o plano de longo-prazo e investimento da diretoria e dos donos, para criar um clube sustentável no futuro. Nós sempre afirmamos que a transformação demoraria anos e os resultados refletem isso.

A decisão dos donos de convertem dívidas em ações/dividendos está em acordo com foi dito anteriormente e isso é uma ótima notícia para os torcedores do MCFC, clube que tem uma segurança financeira que em muito ajudará o clube para os próximos anos.”

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Chelsea x Manchester City-Preview

Barclays Premier League-13 Rodada Data: Domingo-25/11/2012 Local: Stamford Brigde-Londres Horário:14:00h (Brasília) Árbitro:Chris Foy Transmissão: Fox …

Sem comentários

  1. Isso não é problema… o problema são os laterais hehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *