terça-feira , 19 setembro 2017
Home / Notícias / Man City empata com Everton, o visitante indigesto

Man City empata com Everton, o visitante indigesto

Em jogo duríssimo, Manchester City e Everton ficam no empate.

Carrasco! Rooney deixa o seu e chega a marca histórica na Premier League. No entanto, mesmo com um a menos, Guardiola põe o time pra cima e arranca o empate.

No encerramento da segunda rodada da Premier League, Manchester City e Everton se enfrentam no Etihad Stadium e ficaram no 1 a 1. Rooney foi decisivo para os visitantes outra vez, deixando sua marca e comemorando seu gol de número 200 no campeonato. Por outro lado, Sterling que entrou na vaga de Gabriel Jesus no segundo tempo, deixou tudo igual para o time azul de Manchester.

Domínio Cityzen.

A equipe comandada por Pep Guardiola começou melhor a partida, ao seu estilo, com muito volume de jogo e posse de bola, buscando intensamente o gol. Com Sérgio Aguero no comando de ataque, o City teve as melhores oportunidades para abrir o placar, mas todas elas desperdiçadas pelo Argentino.
Aos 26′ o zagueiro do City, Otamendi, arrisca de fora da área, Pickford deu rebote, a bola sobrou para Aguero que tentou finalizar por cobertura, mas o camisa 10 dos donos da casa, acabou jogando por cima do travessão. Minutos mais tarde o centroavante argentino apareceria na insistência de abrir o placar, dentro da área, mas demorou para finalizar a jogada e permitiu que a zaga do Everton afastasse o perigo.
A essa altura do jogo o City parecia estar muito próximo de marcar seu gol, quando aos 34′ Aguero inverte os papéis com Silva e faz um passe espetacular para o espanhol soltar a bomba e acertar a trave.

O Carrasco complica os planos de Guardiola.

Logo na sequência à bola na trave que o placar foi inaugurado pela primeira vez no Etihad, só que pelo Everton.
Sané na lateral do campo erra o passe e a bola sobra para Holgate que tocou para Calvert Lewin na direita que cruzou rasteiro para Rooney, velho conhecido dos Cityzens chutar no contra pé de Ederson e marcar. O camisa 10 dos Toffees chegou ao seu 12° gol na carreira contra o City e o gol de número 200 na Premier League. Com o feito histórico, Rooney se tornou o segundo jogador a alcançar esse feito, ficando atrás apenas de Alan Shearer que marcou 260 vezes.

Se as coisas já estavam difíceis para os donos da casa, após a expulsão de Walker pioraram. O lateral direito recém contratado junto ao Tottenham recebeu o cartão amarelo aos 41′ por chegar atrasado em dividida com Baines, e três minutos mais tarde ele viria a receber o segundo amarelo e ser expulso em um lance bastante questionado pelo Manchester City.

 

Guardiola põe Sterling e dá certo.

Logo na volta do Intervalo, Guardiola não perde tempo e mexe na equipe colocando Sterling no lugar de Gabriel Jesus, fazendo com que a equipe de Manchester ganhasse o meio campo. As entradas de Danilo no lugar de Stones e Bernardo Silva no lugar do Sané, contribuiram para que isso acontecesse, tornando o City mais ofensivo. Daí em diante foi ataque contra defesa. Era o City sufocando para tentar empatar e o Everton fechadinho em busca de um contra-ataque para matar a partida.
Aos 28 minutos do segundo tempo, Sterling teve a primeira boa oportunidade para empatar, após receber ótimo passe de Aguero, mas acabou isolando, deixando a torcida no estádio ainda mais aflita. Mas aos 37′ ele não perdoou, acertando um belo chute de “prima” no canto de Pickford empatando o jogo para o delírio de Guardiola e seus torcedores.

Ainda deu tempo para Schneiderlin ser expulso aos 42′ por entrada dura em Aguero, mas nada que alterasse o placar da partida. Final: Manchester City 1-1 Everton.

Com o empate, as duas equipes ficam com 4 pontos no campeonato, com o City aparecendo em 5º, enquanto o Everton é o 8º pelos critérios de desempate. No próximo sábado, o City viaja para encarar o Bournemouth, às 8h30 (de Brasília), enquanto o Everton joga no domingo, mais uma vez fora de casa, contra o Chelsea, às 09h30.⁠⁠⁠⁠

 

Escalações:

Manchester City: Ederson Moraes, V. Kompany, K. Walker, N. Otamendi, J. Stones, L. Sané, K. De Bruyne, David Silva, Fernandinho, S. Agüero, Gabriel Jesus.

Everton: J. Pickford, A. Williams, M. Holgate, M. Keane, L. Baines, P. Jagielka, M. Schneiderlin, T. Davies, I. Gueye, W. Rooney, D. Calvert-Lewin.

Sobre Cauã Terroso

Veja mais

Pré- Jogo Feyenoord x Manchester City 13/09/2017

UEFA CHAMPIONS LEAGUE (1 Rodada – Fase de Grupos) Feyenoord x Manchester City PRÉ-JOGO Nesta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *