segunda-feira , 19 Fevereiro 2018
Home / Notícias / City Women / No segundo amistoso do ano, City Women perde para o Frankfurt

No segundo amistoso do ano, City Women perde para o Frankfurt

Na tarde desta sexta, diante de 700 torcedores no Academy Stadium – e de muitos mais acompanhando via Facebook – o Manchester City Women perdeu de 2×1 para as alemãs do Frankfurt. Os gols foram marcados por Jackie Groenen e Mandy Islacker do lado germânico e Nikita Parris pelo lado azul.

A novidade em relação à partida anterior foi a jovem Ellie Roebuck debaixo das traves no onze inicial, já que Karen Bardsley lesionou o ombro no mês passado. Além dela, as novidades foram os retornos de Abbie McManus e Megan Campbell, que lesionaram os pés (tornozelos, exatamente) ano passado e perderam boa parte da temporada. Sim, ambas lesionaram no mesmo lugar. Além de Bardsley, Jill Scott e Kosovare Asllani não jogaram. Logo, Nick Cushing mandou a campo:

Banco: Hourihan, Lawley, Stanway, Toone, McManus, Campbell.

O City começou indo para cima, como era de se esperar, pois estava jogando em casa. Porém, logo no início, aos 10 minutos, Keira Walsh não dominou o rebote, perdeu a bola para Groenen, que levou a bola sozinha e mandou pro canto esquerdo de Roebuck.

Mas o City não se abateve e Parris, em seguida, chutou, para que a goleira Schumann fizesse boa defesa. Depois, Islacker quase marcou o segundo da partida – ou seja, uma partida lá e cá, com muitas chances de gol. Steph Houghton, em bola parada, que é sua especialidade, quase fez o segundo do City, mas foi o Frankfurt quem ampliou, em cobrança de escanteio, depois que Roebuck, inocentemente, deu um rebote perfeito para Islacken, de cabeça, marcasse o segundo gol das tetra campeãs da Champions League feminina.

Antes do intervalo, Izzy Christiansen e Toni Duggan tiveram boas chances, mas que foram desperdiçadas. Na volta, Nick Cushing deixou o time mais ofensivo. Izzy quase marcou um golaço aos quatro minutos, se não tivesse mandado a bola pra fora, assim como Duggan, que tentou de fora da área, e Jane Ross, com um quase voleio.

O gol azul só viria a 15 minutos do fim do jogo, com uma jogada sensacional de Izzy, que deixou Parris sozinha na cara do gol, e a camisa 17 só precisou empurrar para o gol. Nos últimos minutos, Houghton bateu mais uma falta, mas Schumann defendeu e garantiu a vitória para o time alemão.

Falando em Champions League, a UWCL volta só em março, com o City jogando contra o Fortuna Hjorring. Os jogos serão no dia 23, na Dinamarca e dia 30, em Manchester. Quem vencer avança às semi-finais. O City tem um time bem montado, mas se quiser avançar e enfrentar os papa-títulos, precisa de muito mais para vencer as dinamarquesas!

*Vale ressaltar que o jogo de hoje está disponível, na íntegra, na página do City Women no Facebook.

Sobre Kamila Villarreal

Jornalista. Encontrou no Manchester City o que julgava ser impossível: ver mulheres jogando futebol. Fã da Jill Scott e editora-chefe da City Women no manchestercity.com.br.

Veja mais

Empurrando Limites | Depoimento exclusivo de Nick Cushing para o Coaches’ Voice

A The Citizens Brasil traz com exclusividade a tradução do depoimento que Nick Cushing deu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *