domingo , 26 março 2017
Home / Copa da Inglaterra / Nos acréscimos, Wigan vence o Manchester City e conquista a FA Cup 2013

Nos acréscimos, Wigan vence o Manchester City e conquista a FA Cup 2013

Manchester City e Wigan se enfrentaram no Wembley pela final da FA Cup 2013. Com ataques e contra-ataques sem sucesso de ambos os lados, o placar ficou no 0 a 0 até os acréscimos do segundo tempo. Os últimos minutos deram nova cara à partida. Zabaleta deixou os Blues desfalcados ao levar cartão vermelho. McManaman deu trabalho durante todo o jogo, mas foi Watson que garantiu a vitória, marcando o único gol.
Mal a bola começava a rolar e Agüero foi derrubado na área do Wigan. Na cobrança de falta, Tevez bateu, acertando a barreira. Yaya achou e arriscou, mas o goleiro Robles fez boa defesa espalmando. Agüero tentou finalizar pegando o rebote, mas estava impedido. A primeira boa oportunidade da partida para abrir o placar veio aos 5 minutos.
Aos 9 minutos, o Wigan teve sua melhor chance de abrir o placar. A equipe conseguiu furar a defesa dos Blues. Callum McManaman avançou sem marcação para área do City, aproveitando estar livre de marcação, arriscou, mas não chegou perto de acertar o gol, deixando Joe Hart fora de perigo.
A grande chance do Manchester City veio acompanhada da grande defesa de Robles. Nasri passou para Silva quando penetrou na defesa dos Latics. O espanhol logo tocou para Tevez, que estava bem melhor posicionado. O argentino chutou logo após receber, mas o goleiro do Wigan fez uma ótima defesa com o pé direito e impediu que os Blues abrissem o placar aos 29 minutos.
O Wigan logo quis revidar e também fazer pressão. Os Latics contra-atacaram com Espinoza avançando bem na área dos Blues. O jogador estava marcado por Zabaleta. Na disputa, Espinoza caiu. Mesmo estando dentro da área, o árbitro permitiu que a partida continuasse normalmente.
No minuto seguinte, os Latics atacavam novamente. Desta vez, McManaman foi quem deu trabalho. Após forçar Joe Hart a sair do gol, deixando as redes desprotegidas, o jogador do Wigan conseguiu driblar sem muita dificuldade dois jogadores dos Blues. Na hora da finalização, McManaman acabou carimbando Kompany, perdendo a boa chance de sair do 0 a 0.
Aos 41 minutos, Zabaleta avançou na área do Wigan e tocou para Barry. O inglês não finalizou bem, deixando Robles defender. Três minutos depois, Nasri também tentava marcar, mas não teve sucesso. Mesmo com um minuto de acréscimo, o primeiro tempo terminou sem gols.
Aos 49 minutos, Tevez abriu caminho e tocou para Agüero, que estava em vantagem. O argentino não aproveitou e chutou para fora, passando ao lado do gol.
Nasri deixou o gramado para que Milner entrasse aos 54 minutos. Zabaleta levou o primeiro cartão amarelo da partida ao derrubar McManaman, aos 61 minutos. Na segunda substituição, Rodwell entrou no lugar de Tevez, aos 69 minutos.
Na primeira metade do segundo tempo, o City conseguiu se manter por mais tempo na área do Wigan e elaborar ataques mais perigosos. Embora as finalizações não fossem bem-sucedidas, os Blues pelos menos mantinham os Latics longe de oferecer perigo.
Aos 75 minutos, Nastasic derrubou McManaman, que avançava em mais um ataque. O árbitro deu cartão amarelo. Na cobrança de falta, Maloney bateu, mas não ofereceu perigo ao deixar a bola no travessão.
Aos 84 minutos, Zabaleta levou o segundo cartão amarelo após derrubar McManaman com um carrinho enquanto o Latic novamente avançava. O argentino foi expulso, deixando o Manchester City desfalcado em um momento importante da partida, em que o placar continuava em 0 a 0 e o Wigan atacava com mais frequência. Maloney fez a cobrança e não ofereceu perigo ao chutar para fora.
O placar foi aberto nos acréscimos. Em escanteio a favor do Wigan, depois que Clichy derrubou McManaman. Ben Watson cabeceou e Joe Hart não teve chance de defender. Watson estava em campo há 10 minutos, tendo substituído Gomez.
Em busca do empate, o Manchester City usou sua última chance de substituição, tirando Barry e colocando Dzeko. Infelizmente, os 3 minutos que ainda restaram não foram suficiente para marcar.
O Wigan saiu vencedor da temporada 2013 da FA Cup, primeira conquista do time neste campeonato, com o placar final de 1 a 0 contra o Manchester City.
Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

No replay da FA Cup, Manchester City goleia o Blackburn

No replay da 3ª rodada da FA Cup, o Manchester City recebeu o Blackburn Rovers …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *