segunda-feira , 18 dezembro 2017
Home / Uncategorized / Roberto Mancini frustrado com a falta de investimentos em janeiro

Roberto Mancini frustrado com a falta de investimentos em janeiro

Roberto Mancini teme que o Manchester City pode ter suas chances de título na Premier League reduzidas se a diretoria não lhe oferecer fundos para fazer novas contratações nessa janela de tranferências de inverno.

O italiano no momento está sem Kolo e Yaya Toure que estão na Copa das Nações Africanas, e apenas conta com 3 atacantes pois Carlos Tevez está tirando “férias” do futebol.

O treinador está se sentindo frustado pela diretoria se mostrar oposta a gastar dinheiro nesse momento por causa do Financial Fair Play feito pela UEFA.

Roberto Mancini é um grande fã de Danielle De Rossi da Roma e quer o jogador de 28 anos na equipe para suprir a falta de Yaya, e ajudar a equipe em busca do título.

Algumas pessoas no clube dizem que Mancini também gostaria de comprar o atacante da Fiorentina Stevan Jovetic que custaria £25 milhões de libras para substituir Carlos Tevez, mas de novo a diretoria se mostra contrária ao investimento por estar tentando montar uma estrutura mas sustentável para se adequar ao FFP.

A diretoria já avisou Mancini que primeiro ele terá que vender jogadores e arrecadar fundos, para depois começar a gastar com novos jogadores.

Contudo, Roberto Mancini está convencido que essa fragilidade que ele tem no elenco no momento vai afetar as chances de título da equipe, e as tensões estaram elevadas para o jogo de segunda-feira a noite contra o Wigan no DW Stadium.

Roberto Mancini já gastou em torno de £200 milhões de libras em novos jogadores desde que substituiu Mark  Hughes no Etihad Stadium em 2009, e espera que tenha alguns fundos extras se conseguir vender Carlos Tevez para alguma equipe, pois além do dinheiro da venda do jogador a equipe se livravia do salário que gira em torno de £197 mil libras por semana.

Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

City continua invicto mas só empata em Londres!

Depois da partida na quarta-feira onde estive acompanhando o City na Champions League hoje foi …

Sem comentários

  1. acho que op momento e de estrapolar. mas tbm não pode correr o risco de ficar de fora da champions por flar play. o city tem muitos jogadores emprestado e encostados tem que vende-los. e talvez trazer algum que possa ser aproveitado

  2. Já que o clube tem dinheiro, tem que gastar mesmo, ora. O time não ganha a Premier League há décadas. Fazer um esforço a mais, pode ser algo a se considerar. E talvez um contrato de risco com algum jogador, por exemplo, talvez fosse uma boa, como outros clubes da Inglaterra fizeram, para suprir pequenas, mas necessárias ausências.

    Abraço

    SIGA: @kaique_pedaes @britfoot
    CURTA: facebook.com/britfoot
    VISITE E COMENTE: britfoot.blogspot.com

  3. A questão do Fair Play realmente é complicado, por vários anos todas as equipes puderam gastar e quando o City teve a sua oportunidade o Platini resolveu fechar o cerco.

    Realmente temos que adequar ao FFP mas rolam alguns comentários na europa que essa proposta do Platini não vai sair do papel, vamos esperar para ver.

  4. Eu acho que, por via das dúvidas, a diretoria está certa em permitir o Mancini gastar só se vender.

    Vai que esse Financial Fair Play entra em ação mesmo, e além disso ajuda a livrar o clube de alguns encostos do elenco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *