terça-feira , 19 setembro 2017
Home / Análise dos Jogos / Six and the City ataca novamente

Six and the City ataca novamente

City fez uma semana irreparável, 5 x 0 no Liverpool, 4 a 0 no Feyenoord e agora 6 a 0 no Watford dentro do Vicarage Road. Kun Agüero, o que dizer desse argentino? Faz 3 gols com direito a gol de placa, da assistência pra Jesus e está a 3 gols de se tornar o maior artilheiro isolado da história do clube. A parceria entre Agüero e Jesus está afinadíssima, dando uma ótima resposta à imprensa, que dizia que os dois não poderiam atuar juntos. Pelo jeito até que deu certo né. Falando em duplas, como não falar da dupla mais generosa do futebol, aqueles que não se cansam de dar assistências, De Bruyne e David Silva foram brilhantes mais uma vez. Fernandinho foi seguro como sempre, Mendy é outro a se destacar, é impressionante como ele avança com força pela esquerda, nunca se omite. Creio que achamos unanimidades nas laterais, Walker é outro que também mostra o seu valor a cada partida.

Falando um pouco mais sobre o jogo, o confronto estava equilibrado até o primeiro gol do City, Watford aparecia um pouco no ataque, City respondia. O jogo mudou mesmo quando em falta cobrada pela esquerda, Agüero, de cabeça, abriu o placar para o City (o argentino estava impedido). Depois foi a vez de Jesus aparecer, o brasileiro foi atrás de uma bola praticamente perdida, jogou o zagueiro pra lateral e deu o passe pra Silva que de primeira deixou Agüero livre, sem goleiro, pra marcar o segundo. Aí virou passeio, aos 37 a dupla de ataque apareceu mais uma vez, Agüero fez boa jogada e deixou Jesus na cara do gol, o garoto colocou no cantinho e marcou o terceiro. A primeira etapa ficou “só” no 3 a 0 mesmo.

No segundo tempo City diminuiu um pouco o ritmo, mas nem tanto. City dominava e pressionava como sempre, porém com um pouco mais de moderação. O gol de número 4 veio aos 17 minutos da etapa final, o Mago David Silva colocou na cabeça de Otamendi que cabeceou forte e confirmou a goleada. Ainda viriam mais dois, e um deles é pra aplaudir de pé. 35 minutos do segundo tempo, Walker vem pela direita e toca pra Agüero, o argentino avança pela direita, passa por 4 e dá um toquinho na saída de Gomes, a bola caprichosamente toca na trave e entra, o zagueiro ainda tenta tirar, mas a bola já tinha entrado por inteiro. Gol antológico de Agüero, que com certeza ficará pra história, mais um pra ele. O camisa 10 chega a marca de 175 gols com a camisa do City e está a 3 de se tornar o maior artilheiro da história do clube.

Pra sacramentar o passeio, Sterling marcou o sexto de pênalti em falta sofrida por ele mesmo. Outra notícia boa foi a volta de Gundogan, que depois de 9 meses voltou aos gramados, o alemão tem tudo pra ser peça importante da equipe na temporada. Longe das lesões, Gundogan é um craque.

Semana espetacular do City, que venha mais uma assim. C´mon City!

Sobre Paulo Henrique Gomes

Veja mais

Vitória Typical City contra o Bournemouth

EM TARDE POUCO INSPIRADA, JESUS E STERLING SALVAM O CITY DE NOVO TROPEÇO. Com Sterling …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *