segunda-feira , 27 março 2017
Home / Typical City / Você já ouviu falar em “Typical City”?

Você já ouviu falar em “Typical City”?

IMG_3850

“Nunca se esqueça de onde veio, para nunca se tornar um deles”. Essa é um pensamento constante dos torcedores do City que preservam e tem muito orgulho do seu passado, mesmo que outrora não tenha sido de momentos gloriosos.

Hoje faz 19 anos que o City foi rebaixado da Premier League para a Championship de uma maneira muito bizarra.

Vocês já ouviram falar do “Typical City”? Se nunca ouviram, o dia 05 de Maio de 1996 explica muito bem o que é isso.
IMG_3852
O Manchester City chegou na última rodada da Premier League brigando para não cair contra Wimbledon, Sheffield Wednesday, Coventry e Southampton. Todas as equipes tinham 37 pontos, e o City enfrentaria o Liverpool em casa.

A equipe da casa e os torcedores temiam o pior, quando o Liverpool fez 2×0 no placar ainda antes do intervalo. Steve Lomas concedeu um gol contra e Ian Rush fez o segundo para os Reds.

O rebaixamento parecia praticamente certo neste último dia da campanha na Premier League.

Com 20 minutos para o fim o City parecia condenado. Mas Uwe Rosler em uma cobrança de pênalti deu esperança para o City, e poucos minutos depois Kit Symons empatou.
IMG_3849
Os torcedores começaram a gritar e empurrar o time para buscar o terceiro gol e a vitória, mas de repente o City entrou em “clima-segurança”. A equipe começou a tocar a bola para, amarrar o jogo e até segurando a bola na bandeira de escanteio.

O que aconteceu é que uma informação errada tinha sido transmitida dos outros estádios e foi passada para os jogadores. Eles foram informados de que um ponto seria suficiente. Em um tempo em que não existia Twitter e toda a tecnologia que temos hoje, aquele erro foi crucial.

O que aconteceu é que Wimbledon, Sheffield Wednesday, Coventry e Southampton todos empataram suas partidas.

Coventry, Southampton e City terminaram com 38 pontos, mas o City foi rebaixado com um saldo de gols inferior, menos 25 contra menos  18 dos outros dois. Muitos nunca perdoaram o técnico Alan Ball, que tinha deixado o Southampton para assumir o comando da equipe do Maine Road. A diretoria deu um voto de confiança para Ball, mas ele renunciou no começo da temporada seguinte.

Veja a tabela de classificação da temporada 95/96:

FullSizeRender

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Histórias de um clube sem história – O pequeno grande clube: a UCL e você, torcedor

  Daqui alguns dias o Manchester City terá mais um jogo pela Uefa Champions League, …

Um comentário

  1. RAFA_MAN_CITY_FC

    apesar da decepcao, espero que o MCFC tenha glorias nacionais e principalmente europeias,pois ja sofreu demais!!! SUPERBIA IN PRAELIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *