terça-feira , 28 março 2017
Home / Premier League / Virou rotina! City vence derby e se recupera na Premier

Virou rotina! City vence derby e se recupera na Premier


JS49955320

No 168º derby de Manchester, válido pela 10ª rodada da Premier League, o Manchester City bateu o United pelo placar mínimo, e conseguiu se recuperar depois de duas semanas terríveis, onde amargou três jogos sem vencer, com empate na Champions League e derrotas na Premier e Capital One Cup.

O City entrou em campo para tentar dar um novo ânimo a sua temporada, que anda estremecida com os últimos mal resultados. Na quarta feira além de ser eliminado em casa para o Newcastle, perdeu um dos seus principais jogadores, David Silva, para as próximas partidas. Seu maior rival também não tem muito o que comemorar, apesar dos reforços milionários, van Gaal não consegue dar consistência ao time, que ainda lembra o da temporada passada, e amarga uma campanha muito mediana.

Sem Silva para o jogo, tínhamos que contar com a volta do protagonismo de Yaya Toure no meio de campo, e, para nossa felicidade, hoje o marfinense veio com tudo! Como era de se esperar, o City começou mandando na partida, logo aos sete minutos o inspirado Aguero cortou bonito e chutou forte para grande defesa de De Gea. Aos 19, 20 e 21 novo bombardeio azul, Aguero perdeu duas chances e Navas uma, esta última com o espanhol sendo lançado sozinho na área, mas o goleiro espanhol fez um verdadeiro milagre.

JS49955618

A partir daí o United conseguiu equilibrar mais, só quesem isto traduzir-se em grandes chances, a exceção das bolas paradas de Di Maria. Aos 38 minutos um acontecimento crucial que facilitou a vida do City, Smalling, que poucos minutos antes havia tomado um cartão amarelo bobo (estilo Thiago Silva na Copa do Mundo) ao impedir saída de bola de Hart, deu um carrinho forte em Milner e tomou o segundo cartão, indo para a rua.

A partir daí o City foi ainda mais forte para o ataque, aproveitando a vantagem numérica, enquanto os diabos se encolheram em sua área. Aos 42 minutos Aguero tomou um pontapé de Fellaini dentro da área, mas o árbitro mandou seguir. No últimos minutos do primeiro tempo Yaya recebeu grande lançamento de Navas de frente para o gol e foi derrubado por Rojo, mais uma vez nada foi marcado. Assim, apesar da pressão, o primeiro tempo acabou como começou.

Na segunda etapa a pressão do City se intensificou, na maior parte da partida parecia que apenas um time estava em campo, um verdadeiro massacre. Aos 14 minutos Aguero foi novamente derrubado por Fellaini e pediu pênalti, e novamente o árbitro não achou nada no lance. Apenas três minutos depois Yaya deu grande lançamento para Clichy que serviu Aguero para ajeitar e chutar forte, décimo gol dele na Premier, voltando a ser artilheiro isolado da competição.

JS49958129

O gol tranqüilizou mais a equipe azul, que no entanto continuou a buscar uma vantagem mais elástica, embora desta vez com um foco nos contra-ataques, uma vez que o United era obrigado a sair para tentar algo. Aos 22 o apagado Jovetic apareceu com um chute forte para a defesa de De Gea. Os visitantes só tiveram uma boa chance aos 25, quando van Persie em boa jogada individual exigiu que Hart deixasse de ser um mero expectador pela primeira vez.

Aos 30 minutos Navas recebeu de Touré e carimbou a trave, mais uma grande chance perdida pelo espanhol. Logo em seguida Rooney fez grande jogada, aplicou uma caneta em Kompany mas chutou em cima da defesa, van Persie não consegue aproveitar o rebote. O United ainda teve um bom momento no final da partida, em chute de Di Maria, mas não consegue furar a defesa do City.

A vitória no derby é a quarta seguida do City no confronto, sua última derrota para o United aconteceu em dezembro de 2012, há quase dois anos. Os três pontos mantiveram os azuis na terceira colocação, com 20 pontos, recuperando-se da derrota para o West Ham no último sábado e revivendo a perseguição ao líder Chelsea, que tem 26. O United é apenas o nono, com 13.

Sábado, dia 8, vamos visitar o QPR em Londres, antes disso, na próxima quarta, recebemos o CSKA no Etihad precisando vencer ou vencer para manter vivas as chances de classificação para a próxima fase da Champions.

Que esta vitória no derby, que já virou rotina (morram românticos!), seja revigorante para nossas pretensões nas duas competições e faça esquecer os dias pesados que se passaram, e que Yaya Toure também seja outro a partir de agora, e mostre a liderança e talento de sempre que tanto admiramos, e que resolveu aparecer hoje depois de estarem escondidos a algum tempo, precisamos mais dele do que nunca!

 

Melhores momentos da partida

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Gabriel Jesus sai lesionado, Aguero faz gol e City chega ao segundo lugar

O Manchester City subiu para o segundo lugar da Premier League, depois de bater o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *