segunda-feira , 23 outubro 2017
Home / Notícias / Yaya fala sobre os objetivos da temporada

Yaya fala sobre os objetivos da temporada

Manchester Evening News

Yaya Touré declarou que o próximo passo do Manchester City é vencer a Liga dos Campeões para conquistar o respeito dos principais clubes da Europa.
Os Blues forçaram seus rivais domésticos a dar-lhes crédito total na temporada passada ao conquistar o título em grande estilo, marcando mais gols e sofrendo menos do que qualquer outro adversário.

Agora o time vai novamente ver-se a frente com Barcelona, ​​Real Madrid, Bayern de Munique, entre outros, precisando provar que são candidatos reais ao título europeu.
“Precisamos ir mais longe e ganhar a Liga dos Campeões para obter o respeito dos outros clubes, bem como fizemos na Premier League”, disse Yaya, que foi decisivo para a vitória sobre o  campeão europeu Chelsea, na Community Shield.
Temporada passada foi à primeira participação azul na Liga, mas sua falta de experiência e pontos no ranking da UEFA os colocou em um pote ruim no sorteio, que por sua vez trouxe um embate difícil na fase de grupos, enfrentando um verdadeiro grupo da morte.
O City conquistou dez pontos, normalmente suficientes para se qualificar as oitavas, mas terminou em terceiro lugar, atrás de Bayern e Napoli.
Yaya é um dos dois jogadores atuais a terem vencido a Liga dos Campeões, e ele sente que lições foram aprendidas a partir desse fracasso.
“Nós estávamos adquirindo a experiência na temporada passada. Agora temos experiência e a mentalidade certa.”
“A Liga dos Campeões não é como outras competições, você tem três jogos em casa e três fora, e tem que certificar-se de ganhar os seus jogos em casa e obter pelo menos um par de pontos como visitante.”
“No ano passado obtivemos dez pontos, o que normalmente nos levaria para as oitavas, mas espero que este ano seja diferente, os rapazes já estão animados.”
“A crença é muito importante. Agora todos os rapazes sabem o que precisam para levantar o troféu no final da temporada, e que é vital a confiança. Ter uma mentalidade vencedora é importante, não importa o esporte que você está, e nós mostramos que temos contra o Chelsea.”
“A última temporada nos deu muita confiança. Assim, muitas pessoas disseram coisas sobre o Manchester City – mas sabemos que será difícil repetir 2011/12.”
Yaya perdeu o épico jogo que deu o título ao City, um problema de tendão o forçou a sair ainda na primeira etapa da vitória sobre o QPR. E admitiu que, enquanto os fãs da cidade ainda estavam comemorando o feito, a euforia já tinha acabado para ele, e seus pensamentos estavam se voltando para a próxima jornada.
“Quando eu termino uma temporada tenho que desligar e começar a recarregar as baterias para o próximo ano. No segundo dia depois que ganhamos a Premier League, já estava completamente desligado”, disse ele.
“Se você quer ser um campeão, sempre tem que logo começar a pensar no próximo ano. Você não precisa ficar se gloriando pelo passado, tem que continuar, para se tornar um vencedor constante.”
A equipe, até agora, acrescentou apenas Jack Rodwell ao time que terminou a espera de 44 anos para um título da liga, levando alguns críticos a sugerir que eles estão com a estratégia errada.
Mas Yaya aponta que o retorno de Carlos Tevez, aparentemente sincero em suas desculpas pela última temporada de ausência, é quase uma nova assinatura de nível mundial.
“Carlos sempre foi comprometido com o clube”, disse “Ele sempre nos ajudou. Você viu no domingo, ele era muito perigoso.”
“Ele e Aguero são a parceria perfeita – jogaram para a Argentina antes e agora eles jogam para o Manchester City. Tenho certeza de que vão marcar muitos gols para o clube.”
“Os jogadores estão todos com o Carlos – é um cara e um profissional fantástico. Ele cometeu um erro, mas a coisa mais importante quando você comete um erro é pedir desculpas.”
“Ele pediu desculpas a todos. Voltou e quer mostrar que vai dar tudo pela a equipe. Para mim a coisa mais importante é o seu compromisso, porque o talento é inacreditável.”
“Nós temos alguns atacantes fantásticos. Temos Edin Dzeko, Mario Balotelli, Carlos e Aguero. Eles são todos afiados e inteligentes. Colocamos Carlos e Aguero juntos contra o Chelsea, mas poderia ter sido Dzeko. A coisa mais importante é, não importa as escolhas do chefe, sempre jogaremos bem. “
Acesses nossas redes sociais:

http://facebook.com/ManchesterCityBrasil
http://twitter.com/ManCityBrazil
Contato: joaohugo@manchestercity.com.br

Sobre João Hugo

Em 29 de dezembro de 2007, fundei o Man City Brazil com o Leonardo e o Fernando. Em 23 de fevereiro de 2017, 10 anos depois, nos tornamos a 1º torcida oficial do Manchester City na América Latina: The Citizens Brasil. O resto é estória pra boi dormir...

Veja mais

Manchester City vence o Napoli por 2×1 e segue 100% na Champions

Pela terceira rodada da fase de grupos da Champions League, Manchester City e Napoli se …

Sem comentários

  1. Tevez e aguero viraram muito amigos, antes eram companheiros de seleção, ai agr q tevez voltou ao city eles se aproximaram muito, pelo menos é o que parece nas fotos de bastidores, que os dois estao sempre juntos e rindo.

    isso deve ter ajudado muito pra q ele tenha vontade de permanecer no city.. mais um compatriota e amigo. bacana ele ter pedido desculpas, joga muito e ele e aguero tão mt entrosados na pre temporada..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *