terça-feira , 21 fevereiro 2017
Home / Entrevistas / Zabaleta: “Meu compromisso e lealdade esteve dentro e fora de campo desde o primeiro dia”

Zabaleta: “Meu compromisso e lealdade esteve dentro e fora de campo desde o primeiro dia”

Créditos da imagem ao amigo https://twitter.com/thegingerwig

Pablo Zabaleta é uma lenda no Manchester City, grande ídolo da torcida e tem muita moral com o staff do clube. As vezes é cornetado por sua falta de técnica como lateral (e agora volante também), mas uma coisa todos concordam: não lhe falta vontade e raça. É um jogador que honra a camisa do City e um excelente profissional. Está no clube desde a temporada 2008/2009.

Em entrevista para o FourFourTwo, Pablo Zabaleta falou sobre como ele sente falta da chuva de Manchester quando ele vai embora de férias e insiste que ainda está feliz no clube.

“Este lugar definitivamente me mudou. Quando vou de férias para a Espanha por um mês no verão com a família, ou em algum lugar com mais sol, acho que sinto falta de toda a chuva em Manchester. Parece loucura, mas é verdade.

“Eu estive aqui por muitos anos. Em termos de jogar futebol em outro país, como Espanha, e treinamento em um clima quente – eu achava que teria dificuldades para me adaptar. Eu adoro jogar jogos no tempo chuvoso quando a bola corre rápido no campo.” (será que assim fica mais fácil de dar carrinho? As famosas ‘zabaletada’ haha)

Meu compromisso e lealdade esteve lá dentro e fora do campo desde o primeiro dia – é por isso que eu acho que tenho durado no clube. No início tudo é novo e você tem que se adaptar a um novo estilo de futebol e vida fora do campo, o que não é fácil. Às vezes você luta um pouco, mas estou feliz por estar aqui.”

“A Premier League sempre foi o meu sonho. É incrível. Eu pensei, ‘vamos para a Inglaterra’. O Manchester City era um clube diferente do que é hoje, mas ainda é o mesmo em muitos aspectos. Tem sido um grande desafio todos os anos para provar que eu sou bom o suficiente para estar aqui jogando com grandes jogadores”.

 

Fonte: Four Two Two

Sobre João Hugo

Fundador do Manchester City Brazil.

Veja mais

Yaya Touré fala porque não foi para o futebol chinês

Aos 33 anos, Yaya Touré considera prematuro virar as costas para o futebol europeu e deixar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *